24
Fev

Ser de Sagitário…

Coisinhas

Esta virou a piadinha lá de casa: “Viu só, tinha que ser a Ságitariana”, mas explico…

Tudo começou com meu sogro, minha cunhadinha e agora eu, todos com várias coisas em comum na família do Eder, incluindo o signo.
Teimosia, alegria, preguiça, extinto aventureiro, muitos amigos, são algumas delas.

Confesso que antes não acreditava muito nisso, mas com o convívio, percebi tanto nas pequeninas coisas, quanto nas maiores, que algumas características, são mesmo inevitáveis…

Dia desses, nas minhas “pesquisas na internet” descobri um site justamente sobre isto, me surpreenderam ainda mais; pois mesmo sem me conhecer, o autor me descreveu quase que por completo! Vou colocar então, os pontos mais marcantes, com legenda para vocês perceberem o que estou dizendo:

  • As ságitariana são muito independentes, e mantém uma certa distância aos laços familiares: Pois é, sai de casa para morar com meu marido aos 18 anos;
  • Quando quiser que ela faça algo, peça-lhe. Não tente mandar nela. A técnica dos homens das cavernas não funciona com esta mulher: Por isso que boa parte de meus desentendimentos são por esse motivo;
  • Ela alegrará suas festas, será sua melhor confidente e sempre estará ao seu lado quando todos seus amigos tiverem abandonado o barco: Alem de ser uma “palhacinha” nata, adoro tanto minhas amizades, que faço de tudo por eles.
  • A coisa mais difícil de encontrar é uma ságitariana que não seja um pouco desajeitada: Pura verdade… Rs
  • A idade realmente não importa quando o assunto é a ságitariana. Elas permanecem meninas mesmo quando envelhecem: Sou exactamente assim…”para que crescer, sendo que é muito mais divertido ser criança?” Rs

Mas, para aqueles que não são deste signo maravilhoso, vou deixar aqui o site, para assim pesquisarem o seu próprio e possam dizer, se são tão parecidos com vossos signos quanto eu… Rs

http://www.revistaandros.com.br/sagitariana.html

Beijos

6 Comentários
22
Fev

Coisinhas: Quero/Preciso de um Pet

Coisinhas

Desde que era criança, “sonho” em ser mãe. Agora vivendo com o Eder então…
Porem, por vários motivos, este sonho ainda não é possível ser concretizado; longe de casa, sem o apoio presencial da minha mãe, pouco tempo vivendo mesmo como casal, são alguns dele, rs.

Então, tive a brilhante ideia de que, enquanto nossos filhos não chegam, ter um animalzinho de estimação.

Ideia óptima na teoria, mas na prática… Nosso “Apertamento” é muito pequenino, o que dificulta um pouco pois para termos um cão (animal o qual amo de paixão).
Ele precisava ser de uma raça pequena, para não sacrificá-lo pelo pouco espaço e, para isso teríamos que comprá-lo. Pensei logo então no Pug, que alem de pequeno e fofo, também é quietinho e uma boa companhia. Mas como infelizmente não temos €1000 para “investir” em um, tivemos que partir para um outro plano. O Eder então sugeriu um gato, que não sei o porque mas até então, não gostava muito.
Porem, mudei quase que por completo de ideia, quando vi a foto de um Persa branco, e me apaixonei quase que de imediato, a sério! Rs
Desde então venho me “martirizando”, pois ele custa na faixa de 300€, e existem tantos para serem adoptados…
Quero que este, meu primeiro “filho felino” seja tão especial quanto meus “filhos caninos”… Ai que indecisão… Rs

Eis então, que gostaria de pedir a ajuda de vocês! Alguém que tenha gatos, de preferência um Persa também, poderia me ajudar?

Obrigado pessoal :D

Beijos

6 Comentários
!-- WP FOOTER -->