10
Dez

Gente Grande

Eu recomendo! Filmes & Séries

Dia de postar FILME!

E o escolhido de hoje…

.

.

Classificação Pessoal: ♥ ♥ ♥ ♥

Gênero: Comédia

Sinopse: Gente Grande, com Adam Sandler, Kevin James, Chris Rock, Rob Schneider e David Spade, é uma comédia sobre cinco amigos, que faziam da parte do mesmo time de basquete, que se re-encontram após vários anos para o funeral do seu treinador. Com as esposas (Salma Hayek, Maria Bello, Maya Rudolph) e os filhos na cidade, eles passam juntos o fim de semana de 4 de julho, na casa do lago onde,alguns anos antes, comemoraram o campeonato. E, ao rememorar os tempos antigos, eles descobrem que envelhecer não significa necessariamente amadurecer.

Ficha Técnica:

título original: Grown Ups
duração: 102 min.
ano de lançamento: 2010
distribuidora: Sony Pictures
diretor: Dennis Dugan

By – Cine Pop: http://www.cinepop.com.br/filmes/gentegrande.php

Trailer:

Opinião Pessoal: Ao estilo Sessão da tarde; mesmo sendo “fofo” engraçadinho, é clássico onde assistimos já sabendo o fim, rs.. Vale pela diversão, para todas as idades!

Beijos

7 Comentários
12
Nov

Série: A sete palmos – Six Feet Under

Eu recomendo! Filmes & Séries

Hoje farei um pouquinho diferente, rs. Ao invés de falar sobre filmes (como o habitual) falarei sobre a minha mais nova série favorita: A sete palmos.

“Na série, criada por Alan Ball, Peter Krause é “Nathaniel (“Nate”) Fisher Jr.”, filho do dono de uma funerária que relutantemente se torna sócio do negócio da família com o seu irmão “David”, estrelado por Michael C. Hall. A família “Fisher” também inclui a mãe “Ruth” (Frances Conroy) e a irmã “Claire” (Lauren Ambrose). Incluem-se em torno da família o assistente da funerária, o amigo “Federico Diaz” (Freddy Rodriguez), a namorada e eventual esposa de “Nate” chamada “Brenda Chenowith” (Rachel Griffiths), e o namorado (e eventual marido) de “David”, o polícial “Keith Charles” (Mathew St. Patrick). Toda a trama se desenvolve em torno do mundo da Fisher & Sons Funeral Home, uma fictícia empresa funerária nos dias atuais em Los Angeles, Califórnia. A série mostra um drama convencional de família, lidando com assuntos como infidelidade, homossexualidade e religião. Ao mesmo tempo, é uma distinta série que aborda com outro prisma o tópico da morte, explorando seus múltiplos níveis (pessoal, religioso efilosófico), não a tratando apenas como um mero ímpeto conveniente para a solução de um assassinato. Cada episódio inicia-se com uma morte – e, naturalmente, de um “cliente” da funerária. Esta morte geralmente dá o tom de cada episódio, permitindo aos personagens refletir sobre suas vidas e infortúnios, de forma iluminados pela morte e suas conseqüências. Na quinta temporada, o episódio All Alone foi o primeiro a ser aberto sem contar a história de uma morte, mas focando sobre uma morte revelada no final do episódio anterior. Outro episódio que não mostrou deliberadamente uma morte em seu início foi o último (Everyone’s Waiting), que, ao invés disso, inicia-se com um nascimento e termina com as cenas das futuras mortes de todos os personagens principais. Uma cena que acontece recorrentemente nos episódios consiste no fato de um personagem ter uma conversa imaginária com uma pessoa que morreu no início do episódio. Às vezes, a conversa é com outras personagens mortas, com ênfase em Nathaniel Fisher Sr. (o pai dos Fisher) e, mais recentemente, com a última esposa de Nate, Lisa. Eles representam o diálogo interno da personagem viva expondo como uma conversa externa. Nas últimas temporadas, outro recurso é também usado, com uma conversa real entre dois personagens vivos de forma imaginária que se torna irrealística. O trecho do episódio não pode ser claramente do fluxo normal da cena até que um corte abrupto nos leva um pouco atrás no tempo e revela a natureza imaginária do momento corrente. Em novembro de 2004, o criador da série e produtor executivo Alan Ball anuncia que a quinta temporada pode ser a última. Os produtores e roteiristas sentiram que depois de 63 episódios conseguiram dar seu recado”.

By – Wikipédia: http://migre.me/2aSmx

O que mais gosto nela é que, aborda a todo o tempo assuntos pesados, como: a morte, homossexualidade, até mesmo infidelidade, de maneiras bem suaves deixando-as quase que naturais.

Como sou fã de assuntos um tanto quanto “macabros” também me encanto nesse sentido: a cada episódio mostram a morte, o cuidado com o corpo, e por vezes os “milagres” para o velório (coisas muito comuns nos EUA).

Recomendo!

Nota: Aqui encontram todas as temporadas, legendadas.

Beijos.

6 Comentários
30
Out

Filmes para o Halloween – Parte I

Especial Eu recomendo! Filmes & Séries

Entrando no clima do Halloween vou fazer um especial para comemorar essa data: tanto dentro, quanto fora de casa…

Hoje, para começar, trago o meus filmes de Halloween favoritos de todos os tempos:

 

O Grito:

Em Tóquio uma casa comum oculta o pavor que nela há, pois quando alguém morre em um momento de terror nasce uma maldição, que não perdoa nem esquece e faz as pessoas morrerem vitimadas por uma poderosa ira. Neste contexto surge a estudante americana Karen Davis, que, desconhecendo a maldição, está no Japão em um intercâmbio cultural. Karen é voluntária do Centro Social de Apoio, pois isto conta crédito para sua formatura na faculdade. Ela inocentemente concorda em substituir uma assistente social que não foi trabalhar, sem saber que ela na verdade foi vítima da maldição. Karen vai até a casa amaldiçoada para cuidar de Emma Williams, que tem uma letargia grave associada a leve demência, o que a faz ficar dormindo quase todo o dia. Ao chegar vê Emma em um estado catatônico, enquanto o resto da casa parece estar abandonado e desordenado. Enquanto cuidava de Emma, Karen ouve estranhos sons na parte de cima da casa. Ao investigar ela se defronta com algo tão apavorante que seria incapaz de imaginar, pois dentro da casa há uma sucessão de fatos apavorantes que são o resultado de algo terrivelmente maléfico, que surgiu de forma horrenda anos atrás. Como mais pessoas morrem, Karen é envolvida no ciclo de horror e aprende o segredo da maldição vingativa, que criou raízes nesta casa. Agora ela tenta parar isto antes que seja muito tarde, mas por mais que ela aprenda sobre a maldição e suas origens a força maléfica que Karen enfrenta é algo que ela ainda não dimensionou.

 

Horror em Amityville:

Em 13 de novembro de 1974 a polícia do condado de Sufolk recebeu uma chamada telefônica que a levou ao endereço 112 Ocean Avenue, Amityville, Long Island. Dentro da casa a polícia encontrou um crime brutal: o assassinato de uma família inteira enquanto dormia. Poucos dias depois, Ronald Defeo Jr. admitiu que usou um rifle para matar os pais e seus 4 irmãos, alegando ter ouvido vozes que vinham de dentro da casa e que o influenciaram a cometer os crimes. Um ano depois George e Kathy se mudam com os filhos para a antiga casa dos Defeo. Não demora muito para que estranhos eventos comecem a acontecer, afetando a vida da família e indicando que uma presença maligna está oculta na casa.

 

Poltergeist – O Fenômeno:

Família visitada por fantasmas em sua casa, que inicialmente se manifestam apenas movendo objetos pela casa mas gradativamente vão aterrorizando a família cada vez mais, chegando a “seqüestrar” a caçula, levando-a para outra dimensão através do tubo de imagem do televisor. Os pais se desesperam e uma especialista em fenômenos paranormais sugere que eles devam ser ajudados por uma mulher com poderes mediúnicos.

 

A hora do pesadelo:

Um grupo de adolescentes tem pesadelos horríveis, onde são atacados por um homem deformado com garras de aço. Ele apenas aparece durante o sono e, para escapar, é preciso acordar. Os crimes vão ocorrendo seguidamente, até que se descobre que o ser misterioso é na verdade Freddy Krueger, um homem que molestou crianças na rua Elm e que foi queimado vivo pela vizinhança. Agora Krueger pode retornar para se vingar daqueles que o mataram, através do sono.

 

O albergue:

Paxton e Josh são dois mochileiros universitários americanos, que decidem viajar pela Europa em busca de experiências que entorpeçam os sentidos e a memória. Durante a viagem eles conhecem Oli, um islandês que passa a acompanhá-los. Seduzidos pelos relatos de outro viajante, eles decidem ir a um albergue particular em uma cidade desconhecida da Eslováquia que é descrito como um verdadeiro nirvana. Lá eles conhecem Natalya e Svetlana, duas beldades locais que se interessam por Paxton e Josh. Empolgados com as experiências novas que vivem, eles logo descobrem que nem tudo na cidade é a maravilha aparente.

 

O Iluminado:

Durante o inverno, um homem contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado e vai para lá com a mulher e seu filho. Porém, o contínuo isolamento começa a lhe causar problemas mentais sérios e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado, que também foram causados pelo isolamento excessivo.

 

Espíritos – A Morte está ao seu Lado:

Thun, um jovem fotógrafo, e sua namorada Jane atropelam acidentalmente uma pedestre. Eles fogem da cena do crime e retornam às suas vidas normais, em Bangkok. A partir de então Jane passa a ser atormentada por estranhos pesadelos, enquanto que Thun nota que em suas fotos aparecem estranhas figuras, parecidas com fantasmas. O casal decide investigar o fenômeno e encontra outras fotografias com imagens sobrenaturais. Paralelamente os melhores amigos de Thun começam a morrer, um a um, de forma misteriosa.

 

Os outros:

Durante a 2ª Guerra Mundial, Grace decide por se mudar, juntamente com seus dois filhos, para uma mansão isolada na ilha de Jersey, a fim de esperar que seu marido retorne da guerra. Como seus filhos possuem uma estranha doença que os impedem de receber diretamente a luz do sol, a casa onde vivem está sempre em total escuridão. Eles vivem sozinhos seguindo religiosamente certas regras, como nunca abrir uma porta sem fechar a anterior, mas quando eles contratam empregados para a casa eles terminam quebrando estas regras, fazendo com que imprevisíveis consequências ocorram.

 

O túnel da morte:

Um sanatório abandonado, no qual cinco estudantes sexys são desafiadas a passar a noite. O que começa como uma brincadeira de mau gosto logo se transforma em um pesadelo mortal quando elas descobrem os segredos terríveis que assombram aqueles apavorantes corredores. E a única saída é pelo longo túnel da morte. Nesse sanatório de Kentucky, acredita-se que 63.000 pessoas morreram da famosa “praga branca”

 

Paranormal Activity:

Desde criança Katie ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah, que meio cético quanto aos depoimentos resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. E o que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério, torna-se uma experiência intrigante e assustadora.

 

A orfã:

Um casal perdeu tragicamente o filho que nem chegou a nascer, e isso até chegou a estremecer o casamento deles. Mas para aliviar um poucoa dor, decidem adotar uma criança. No entanto, o que parecia ser asolução acaba por piorar ainda mais as coisas, pois a garota que adotaram não é tão inocente quanto parece.

 

O Mistério das Duas Irmãs:

Acompanha duas irmãs que voltam para casa após passar um tempo em um internato. Elas são recebidas de braços abertos pela madrasta que logo depois se mostra uma mulher cruel. Aos poucos, acontecimentos perturbadores vão deixar os nervos à flor da pele. Todos escondem um mistério horripilante. Há outras almas presentes no ar. Almas que não estão em paz.

 

Sinceramente, eu particularmente prefiro Terror! Aqueles com histórias de fantasmas, espíritos…
E vocês?

Espero que gostem! Ahm, e se já assistiram contam o que acharam, rs…

Beijos.

15 Comentários
16
Out

Programa Hipertensão

Eu recomendo! Opinião Pessoal

Hoje vou fazer uma coisinha diferente; ao invés de falar sobre filmes (sob regra, postados às sextas) vou falar sobre um Reality Show global que estou gostando bastante: O Hipertensão.

Não sei se está no Brasil, mas aqui em casa faz o maior sucesso, rs.

Esta edição é relançamento sob o formato de 2002; confesso não me lembrar muito da antiga, mas tenho quase certeza que esta nova está bem mais forte, exigindo muito mais dos participantes. É apresentado por Glenda Kozlowski e as filmagens são feitas na Argentina e no Brasil.

Em casa programa, os concorrentes passam por 3 tipos de prova:

A primeira é disputada, concorrendo a imunidade da semana; A segunda (Prova de fogo) para quem teve os piores resultados, e quem perde, vai automaticamente para a prova final; A terceira (Prova Eliminação) onde os participantes disputam as provas mais difíceis e, quem a perde ou não a realiza, está eliminado do programa (pessoalmente a que mais gosto)*.

Uma vantagem é que, não há interação do publico, ou seja, a eliminação depende da prova de cada um. Há apenas votações em aberto dos concorrentes, em membros individuais.

São ao todo 16 concorrentes, na disputa por: 500 mil o primeiro lugar, 100 mil o segundo e 50 mil o terceiro lugar. Não houve inscrições para a segunda temporada. Os participantes foram selecionados pelas inscrições recebidos para o programa No Limite 5, que estava marcado para ser exibido em 2010, mas que foi adiado devido a problemas de planejamento e orçamento.
*As provas que mais gosto são as da eliminação: umas dão arrepios, pelas condições as quais são realizadas, como: água, animais ou mesmo insetos; já outras dão mesmo nojo, por terem que comer ou beber algo horrível como: insetos, olhos de boi, figado cru, sangue, banha, ratinhos (meu trauma)… O que acho engraçado também, são as expressões de nojo que a Glenda faz para algumas dessas provas, rs.

Já assistiram? O que acharam? Rs

Nota: O programa encontra-se quase no fim, mas para quem quiser ver as provas anteriores, encontram-se no Site Oficial, ou no Youtube.

Beijos.

11 Comentários
01
Ago

Preguiça? Comer em casa

Eu recomendo! Something

Já está tarde, com preguiça de preparar algo ou ir a um restaurante para comer…

Problemas resolvidos, se viver em Porto, Lisboa, Coimbra, Braga, Vila Nova de Gaia,Matosinhos, Leça da Palmeira, Maia, São Mamede de Infesta, Leça do Balio, Custoias, Valongo, Ermesinde, Gondomar, Rio Tinto, Espinho, São Felix da Marinha, Arcozelo, Grijó, Povoa de Varzim , Vila do Conde, Guimarães, Bragança, Vila Real e Funchal Portugal.

A empresa  (Comer em Casa) é dedicada à entrega de refeições ao domicílio. Encontra-se a operar no mercado desde 2005.

Funciona da seguinte forma: de acordo com as ofertas para cada região de residência, escolhe-se o restaurante, liga-se ao Call-Center ou através do site, indica os pratos pretendidos e no tempo de aproximadamente 1 hora, temos a encomenda em casa.

Ahm, e também disponibilizam entregas de conveniências, como jornais, revistas, entre outros.

Os valores são camaradas, comparando a facilidade e comodidade que possuem: a taxa de entrega é de 2,50€ (para 1 restaurante) 3,50€ (para 2 restaurantes, em encomendas nos valores acima de 6,50€); o valor mínimo por pedido é de 10,00€ e 12,50€ para Zona de Lisboa; as formas de pagamento são: numerário (dinheiro), cheque, multibanco (cartão de débito); o horário de funcionamento é: das 12h00 às 14h30 e das 19h00 às 22h30.

Descobrimos por acaso, no começo da semana e ontem resolvemos experimentar.

Eu particularmente adorei! A encomenda chegou no horário certo, o lanche escolhido (Ali Kebab – Um sanduíche de carne, com salada de alface e cenoura, no pão sírio e molho de alho; com o acompanhamento de batatas-fritas e uma lata de Refrigerante) veio quentinho, mesmo como se nós tivéssemos ido comprar na hora; o atendimento espetacular.

Recomendadíssimo para quem tiver a oportunidade de utilizar! Para fugir da branquíssima pizza… Hehehe

E vocês, o que acharam deste serviço?

Não é um: Porque não pensei nisso antes? Hehehe

Beijos.

10 Comentários
!-- WP FOOTER -->