04
Jul

Tamanho 42 não é gorda

Na estante

…é o tamanho médio da mulher americana.

A cantora pop Heather Wells chegou ao fundo do poço. Nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com todas as suas economias. Quando finalmente consegue um emprego de inspetora em uma faculdade, Heather acredita que tudo está melhorando. Ou será que ela está enganada?

 

★★★★★

Tamanho 42 não é gorda é a primeira edição, da trilogia que trás a louca vida de Heather, uma mulher que na adolescência, era uma estrela da música pop. Mas depois de querer cantar suas próprias músicas, Heather foi literalmente chutada da gravadora e de sua vida glamorosa. Agora, é uma assistente de inspetora de uma faculdade em Nova York e vive de favor na casa do irmão de seu ex-namorado famoso. E claro que o romance tem que estar presente, nem que seja só pelo lado de Heather. Isso porque a nossa protagonista é apaixonada por Cooper o irmão mais velho de seu ex e seus pensamentos em relação a esse romance platônico são no mínimo hilários…

Alguns dados técnicos:

Gênero: Literatura Infanto-Juvenil

título original: Size 12 Is Not Fat
ano de publicação: 2009
páginas: 416
autor: Meg Cabot

 

Bom, eu nunca tinha lido nenhum livro da Meg até então. Mas como as promoções estão rolando soltas, a oportunidade chegou e eu aproveitei… Hehehe

Heather é uma personagem extremamente engraçada e que tem ideias malucas apesar de muitas vezes estarem certas. Além de toda a confusão que sua vida lhe proporcionou, agora ela resolveu investigar um crime ocorrido na faculdade em que trabalha. Sinceramente, adorei o desfecho da trama… Quando você termina de ler e descobre que tem mais dois livros, você mal pode esperar para saber qual vai ser o próximo caso em que Heather vai se meter!

 

Não tem como pensar em Heather Wells e não lembrar de Robin Sparkles o codinome de Robin Scherbatsky de How I Met Your Mother que no seriado, era uma adolescente popstar no Canadá, conhecida pelas músicas Let´s go to the mall e Sandcastles in the Sand

O preço em média é de R$ 35,90 no Brasil e aqui em Portugal, €12,12.

Apesar de ser um livro mais ou menos grosso você não se cansa de ler. A narrativa é leve e muito envolvente e ainda por cima, tem um mistério que nós queremos resolver junto com Heather. Recomendo muito a leitura para quem está a fim de rir.

Beijos.

3 Comentários
17
Mai

Querido John

Na estante

Nicholas Sparks é um dos maiores romancistas da actualidade. E após o livro Quem Ama Acredita e da sua sequela À Primeira Vista, o autor chega com mais uma bela história de amor. Juntos ao Luar conta a difícil história de amor de John e Savannah, dois jovens que se conhecem por obra do destino e que pelo mesmo se vêem perante decisões de vida muito complexas. Devido à sua carreira militar, John vê-se separado da mulher da sua vida, Savannah. Deverá a jovem protagonista seguir a sua vida, lembrando para sempre a noite de lua cheia que passaram juntos, ou deverá esperar pelo seu grande amor? Conseguirá o amor destes jovens resistir a esta separação? Uma história maravilhosa, marcada pela força do amor e pelas partidas do destino.

 

★★★★★

A história se passa na Carolina do Norte, onde o jovem John Tyree vive com seu pai, com quem não tem uma relação tão boa e que sofre de Síndrome de Asperger. Depois do ensino médio e após de uma fase de grande rebeldia onde sua vida encontra-se de pernas para o ar, John decide se alistar no exercito para recomeçar sua vida! Durante uma das licenças John conhece Savannah Lynn a garota dos seus sonhos, religiosa que passava ali as férias da faculdade. Eles, se apaixonam desde o primeiro momento.

Juntos, passam duas longas românticas semanas nas quais se apaixonam perdidamente, uma paixão intensa onde ambos jamais esquecerão. Mas, John necessita voltar para o exercito e então, Savannah promete o esperar cumprir seu tempo de alistamento para que quando voltasse, eles se casassem e vivessem, felizes para sempre… Mas é então que o destino muda as coisas. No dia 11 de setembro, quando o EUA é atacado por terroristas, e é então que John se sente no dever de escolher entre o amor de Savannah ou então, lutar por seu país.

Alguns dados técnicos:

Gênero: Literatura Estrangeira-Romance

título original: Dear John
ano de publicação: 2007
páginas: 288
autor: Nicholas Sparks

  

Conheci o livro através da adaptação, que como qualquer filme deixa escapar alguns detalhes que só quem tem a oportunidade de ler, pode apreciar! A leitura não é cansativa, e muito pelo contrário ficamos loucos para saber o final, hehehe

 

O preço em média é de R$ 19,80 no Brasil e aqui em Portugal, €18,17.

O que achei muito bom foi o final, que foge do “foram felizes para sempre” e assim, como na vida real pode ser que não termine como queremos…

Beijos.

3 Comentários
25
Abr

Melancia – Marian Keyes

Na estante

Você vai se encantar com esse bem-humorado romance e conhecer Claire, uma mulher que aos 29 anos, com uma filha recém-nascida, descobre que o marido tem um caso de mais de seis meses com a vizinha casada. A decepção e a depressão fazem com que Claire fique com um corpo redondo, como uma melancia. Será que ela dará a volta por cima?

★★★★★

Melancia é um romance sobre a arte de manter o bom humor mesmo nos momentos mais adversos. Com 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais de gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Nada tendo em vista que a anime, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; a mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e o pai, à beira de um ataque de nervos. Após passar alguns dias em depressão, bebendo e chorando, Claire decide avaliar os prós e os contras de um casamento de três anos. É justamente nessa hora que James, seu ex-marido, reaparece. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa.

Alguns dados técnicos:

Gênero: Literatura Estrangeira-Romance

título original: Watermelon
ano de publicação: 1995
páginas: 490
autor: Marian Keyes

Conta a história de Claire que aos seus 29 anos, pensava ser absolutamente feliz em seu casamento e sua vida até que logo após dar a luz a sua primeira filha seu marido a dá uma chocante notícia: estava apaixonado por uma outra mulher, a vizinha gorducha também casada! E então, o mundo de Claire desaba… Com a filha nos braços, sua auto-estima lá embaixo graças a sua forma física como ela mesmo diz redonda e constantemente verde por conta dos enjoos e abandonada pelo marido, resolve voltar para a casa dos pais em Dublim. E é ali que ela começa a reescrever sua própria história! Apesar de não parecer, esse livro é hilário, e tenho certeza que muitas mulheres irão se identificar…

Peço que deixem os preconceitos de lado, pois mesmo tendo uma capa parecer um livro infantil, e a sinopse uma tragédia total é uma incrível surpresa! Com um final impecável, livre de qualquer coisa que você pudesse prever, recheou de acontecimentos e diálogos onde você torce muito para que aconteçam, alem da encantadora família Walsh deixa um gostinho de quero mais!

O preço em média é de R$ 59,00 no Brasil e aqui em Portugal, €17,16.

Claire tem muito a nos ensinar, não só às mulheres, mas também aos homens. Por isso, leiam e se deliciem #ficadica

12 Comentários
22
Mar

A menina que roubava livros

Na estante

Eis um pequeno fato, você vai morrer… 

★★★★★

Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em “A Menina que Roubava Livros”, livro há mais de um ano na lista dos mais vendidos do “The New York Times”. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, “O Manual do Coveiro”. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.

Alguns dados técnicos:

Género: Literatura Estrangeira-Romance

título original: The Book Thief
ano de publicação: 2005
páginas: 500
autor: Markus Zusak

 

Ficamos a conhecer Liesel e sua história, contada pela morte em plena época Hitlerista. Mesmo a primeira vista parecendo ser mórbida é absolutamente simpática! Hehehe

Confesso que, o periodo do holocausto sempre me chamou a atenção mas esse em especial mostrou que, diferente de O menino do pijama listrado nem todos os alemães pensavam como Hitler.

Cheio de mistérios, nos leva a observar com maior intensidade vários sentidos que muitas vezes nos passa desapercebidos: como as cores, os cheiros… Rico em detalhes, observações intrigantes e acontecimentos históricos marcantes.

O preço em média é de R$ 29,80 no Brasil e aqui em Portugal, €19,99.

Não quero me estender demais, mas posso dizer que a menina que roubava livros me fez rir, chorar, torcer, esperar… Um verdadeiro turbilhão de emoções! Incrivelmente intenso, surpreendente e cativante! Por fim “quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler…”

Beijos.

8 Comentários
!-- WP FOOTER -->