05
Mar

Nativa SPA de Argiloterapia d’O Boticário

Opinião Testados & Adorados

Confesso que sou muito preguiçosa e por isso, os tratamentos cosméticos para mim devem ser os mais práticos possível e de preferência durante ou no máximo, pós banho… Hehehe

 

Há um tempinho, venho percebendo algumas bolinhas do mau nas minhas costas e braços… E, esse duo mágico foi o que me salvou desse incomodo…!

  (mais…)

1 Comentário
15
Mar

Creme sem Enxágue de Algodão d’O Boticário

Opinião Testados & Adorados

No Brasil mesmo vivendo em Mogi São Paulo e o clima lá não sendo lá muito quente confesso que não usava condicionador e muito menos cremes para pentear, pois sentia que super pesava nos fios, mas sim  vivia tentando controlar a oleosidade. Mas já aqui em Portugal…

Hoje em dia vivendo em Aveiro e com o clima bem seco, as pontas dos meus cabelos ficam muito resecadas e por essa razão, tenho que usar para alem de produtos de limpeza profunda, algo que hidrate as pontinhas… E nessa busca então, conheci o Creme sem Enxágue de Algodão da linha Nativa SPA do Boticário.

Segundo a marca:

Nativa Spa, uma explosão de cores, cheiros, texturas e elementos da naturaza para o seu SPA de beleza em casa. Sua formula possui Cera de Abelha e Óleo de Girassol que restauram o equilibrio lipidíco do cabelo, auxiliando na definição dos cachos. Com agentes condicionadores que promovem maciez, auxiliam na redução do volume e proporcionam efeito anti-frizz. Contém extratos de Algodão, nativo da Ásia reconhecido por suas propriedades hidratantes e condicionantes. Produto dermatologicamente testado.

 

O cheiro é muito gostosinho, me fazendo lembrar roupas acabadas de lavar #serio

Um detalhe que adorei foi o tamanho do buraquinho da embalagem, pois ajuda e muito na hora de dosar o produto.

Uso depois do banho, e antes dou uma secadinha com uma toalha para que não fique muito enxarcado. Logo quando o passo nos cabelos, sinto de imediato os fios se desembaraçando. Tanto, que até consigo escovar o cabelo com um pente o que seria impossível ao natural. E mesmo depois de secos, também não ficam embaraçando entre os dedos, sabe?

 

O preço em média é de R$ 21,99 no Brasil (150ml) e aqui em Portugal, € 10,99 (150ml).

Tenho usado sempre depois de lavar e o resultado foi os cabelos bem mais macios e sem aqueles nós chatinhos. Gostei bastante do resultado!

E recomendo para quem tem os cabelos ondulados como eu, cacheados ou encaracolados.

Beijos.

4 Comentários
28
Dez

Castelo Ratimbum x Harry Potter: Plágio ou pura coincidência?

Opinião Polêmica

Para quem não se lembra, ou então não é da época eu relembro, hehehe

Castelo Ratimbum foi é um programa infantil de televisão brasileiro produzido e transmitido pela TV Cultura, e pela Rede Pública deTelevisão. Voltado para o público infanto-juvenil e seguindo uma abordagem pedagógica, o programa estreou no dia 9 de maio de 1994 até deixar de ser produzido em 1997. Sua história é Nino é um garoto de 300 anos que vive com seu tio, o Dr. Victor, um feiticeiro e cientista, e com sua tia-avó Morgana, uma feiticeira de 6.000 anos de idade. Os três moram num castelo no meio da cidade de São Paulo. Aprendiz de feiticeiro, Nino nunca frequentou uma escola, por causa da idade nada comum de 300 anos. Seus pais o deixaram morando com Victor e Morgana, porque precisavam viajar numa expedição no espaço sideral, levando seus dois irmãos mais novos. Apesar de ter amigos animais e sobrenaturais no Castelo, Nino, sentindo falta de amigos como ele, resolve fazer um feitiço que aprendeu com seu tio Victor, e acabou trazendo para o Castelo, três crianças que tinham acabado de sair da escola. Livre da solidão, Nino recebe a visita dos três diariamente, além das visitas especiais de um velho amigo seu, o entregador de pizza Bongô; da charmosa repórter de TV, Penélope; da lenda folclórica Caipora; e de um ET, o Etevaldo. Para preencher o lado maligno da história, está o Dr. Abobrinha, um especulador imobiliário que deseja derrubar o Castelo e construir em seu lugar um prédio de cem andares.

Harry Potter, é uma série de aventuras fantásticas, escrita pela escritora britânica J. K. Rowling. Desde o lançamento do primeiro volume, Harry Potter e a Pedra Filosofal, em 1997, os livros ganharam grande popularidade e sucesso comercial no mundo todo, e deram origem a filmes, videojogos e muitos outros itens. A história começa com o mundo dos bruxos, que tenta manter-se secreto dos Muggles “Trouxas” (aqueles que não são bruxos). Por muitos anos este mundo foi aterrorizado por Lord Voldemort. Na noite da sua queda, Voldemort encontrou o esconderijo da família Potter, e matou Lilly e James Potter Lílian e Tiago Potter, no Brasil. Entretanto, quando voltou sua varinha contra o bebê dos Potter, Harry, o seu feitiço voltou-se contra ele. Voldemort só não morreu por causa de suas Horcruxes, porém com o corpo destruído, Voldemort tornou-se um espírito sem poder, procurando refúgio em lugares escondidos do mundo; Harry, enquanto isso, foi deixado com uma cicatriz em forma de raio em sua testa, o único sinal físico da maldição de Voldemort. Harry tornou-se conhecido como “O Menino que Sobreviveu” no mundo dos feiticeiros, por ter sido o único a sobreviver a maldição da morte e por ter derrotado Lord Voldemort. Orfão, Harry Potter é criado pelos seus tios, os Trouxas Dursley. Porém, quando o seu aniversário de onze anos se aproxima, Harry tem seu primeiro contato com o mundo mágico quando recebe cartas da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, que são roubadas pelos tios antes que ele possa lê-las. No seu décimo primeiro aniversário, Harry é informado por Hagrid, o guarda-caças de Hogwarts, que ele é um bruxo e por isso tem uma vaga na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Cada livro registra uma ano da vida de Harry em Hogwarts, onde ele aprende a usar e controlar a magia e a fazer poções. Harry também aprende a ultrapassar muitos obstáculos mágicos, sociais e emocionais que enfrenta em sua adolescência e na segunda tentativa de ascensão de Voldemort ao poder.

 

E não é apenas em alguns pontos da historia que são parecidos, seus personagens também parecem muito…

 

Nino: Um menino de 300 anos de idade, vive com seu tio Victor e sua tia-avó Morgana. Inconformado com o fato de não poder ir a escola (afinal, nenhuma escola poderia aceitar um aluno com 3 séculos de idade), Nino utiliza um feitiço que aprendeu com seu tio, enfeitiçando a bola de Zeca, atraindo a ele e seus amigos Biba e Pedro para o Castelo. Desde então, os quatro se tornaram grandes amigos. Os pais de Nino não apareceram no programa porque estavam viajando. Em 1990 eles foram viajar por dez anos para o espaço.

Harry: O menino órfão que vive com os tios, cresce e aprendeu a dominar seus poderes na saga. É filho dos importantes feiticeiros Tiago e Lilian.

O que eles têm de tão parecido: São meninos feiticeiros. Os principais das séries, vivem com seus tios em quartos debaixo das escadas.

Pedro: Pedro é como sua aparência demonstra, um pouco mais intelectual que seus demais amigos. Sempre com boas ideias, praticamente torna-se líder do grupo na ausência de Nino, por ser o mais esperto. Tem uma queda por Biba, o que mostrado em alguns episódios da série.

Ronny: Desengonçado e de bom coração, o melhor amigo de Potter e namoradinho de Hermione brigou diversas vezes com os amigos, sempre retornando ao grupo.

O que eles têm de tão parecido: São amigos fieis. Alem de tem uma queda pelas garotas da turma.

Biba: Uma garota esperta, feminina e decidida. Quando não está tirando sarro dos meninos ou agindo como a mais “responsável” do grupo. Adora contar vantagem para cima de Pedro, insinuando ser mais madura que ele por ser mulher, mas no fundo tem uma queda por ele.

Hermione: Inteligente, a garota do trio principal da série salvou o grupo em diversas situações com sua esperteza e rapidez.

O que eles têm de tão parecido: São as amigas espertas. Alem de serem responsáveis e decididas, tem uma quedinha por um dos garotos da turma.

Zeca: Pequeno, sapeca e muito curioso, chegando a ser desagradável em muitas situações. Tanto que, ao menor sinal de alguma coisa que ele não compreenda, logo ele dispara: “Por quê?”, iniciando uma sequência de “porquês” até alguém perder a calma e berrar “Porque sim, Zequinha!” ou variações da mesma, trazendo o quadro de “Por quê?” para responder a dúvida dos personagens. Em alguns episódios, também demonstra ser um tanto glutão e esfomeado.

Neville Longbottom: Estudante da Grifinória, que não tem uma memória muito boa. O personagem desastrado ganha mais importância na fase final da saga.

O que eles têm de tão parecido: São os amigos medrosos. Alem de serem ambos gulosos e esfomeados, principalmente por doces.

Dr. Victor: É irmão da mãe de Nino e portanto seu tio. Um poderoso feiticeiro, amigo das máquinas, animais e crianças. Inventor incrivelmente talentoso que também trabalha para uma companhia de função não especificada muito provavelmente uma firma tecnológica. Victor age como um pai para Nino e é rígido com ele quando este está sendo muito teimoso ou preguiçoso com suas obrigações, com frequência fazendo o tio do garoto exclamar seu bordão “Raios e Trovões!” o qual causa os próprios. Victor tem alguns milênios de idade, o que lhe proporcionou a chance de conhecer figuras históricas, entre elas podendo-se citar sua amizade com Leonardo da Vinci. Logo no primeiro episódio é revelado que possui 3000 anos

Dumbledore: O simpático diretor de Hogwarts tem muita importância na saga HP, sempre dando pistas a Potter e tentando manter a paz em Hogwarts.

O que eles têm de tão parecido: São poderosos feiticeiros com muitos anos de idade. Alem de terem um certo instinto paternal com os principais personagens de suas séries.

Morgana: Tia-avó de Nino, uma poderosa feiticeira que completou 6000 anos em um episódio da série. Morgana viveu muito, estando presente em muitos grandes eventos e passagens da história e de lendas. Tem em Adelaide sua fiel companheira e mascote de bruxa. Seu quarto fica na torre mais alta do castelo. Atua como uma mãe para Nino durante a série e é um tanto mais paciente com Nino do que Victor.

Minerva McGonagall: Apesar da aparência severa, a professora é amável e também é a diretora da casa Grifinória de bruxos a qual já pertenceram, por exemplo, Hagrid e os pais de Potter

O que eles têm de tão parecido: São as sábias e feiticeiras, também com muitos anos. Tem aparencia severa mas são totalmente amáveis.

Tíbio e Peronio: Dois cientistas malucos, sempre são mencionados quando um fato interessante “interessaria muito a uma pessoa. Uma não, duas”. Tíbio é o mais responsável, enquanto Perônio é mais desligado e infantil. Perônio, com frequência esquece quem é quem, além de possuir uma obsessão em fazer a “Experiência sobre o Voo das borboletas”. Tíbio e Perônio moram em um laboratório em algum ponto da cidade, onde também mora seu bicho de estimação, o “tatatossauro” um monstro de algum tipo do qual nunca se pode ver nada, já que eles próprios morrem de medo. O detalhe mais engraçado dos dois é que Perônio passa a série inteira obcecado em fazer a experiência do voo das borboletas experiência que por sinal falaram tanto e jamais foi realizada. Apesar dos dois serem irmãos gêmeos, Tíbio é de fato o mais velho.

Fred e George: Irmão gêmeos de Ron e Gina, os ruivos são valentes, simpáticos e um pouco desengonçados ao estilo da família Weasley, hehehe.

O que eles têm de tão parecido: São gêmeos e gênios,hahaha. Alem de serem desengonçados e trapalhões.

Dr. Abobrinha: Aparentemente Um corretor imobiliário que possui uma obsessão em construir um prédio de cem andares com estacionamento e acredita que o espaço onde o castelo está seria perfeito para isso. Por causa disso, constantemente se disfarça e tenta fazer os moradores assinarem um contrato de venda, mas sempre falha tanto por ser desastrado como por ser descoberto, jurando que um dia o castelo será seu. Constantemente se irrita por ser chamado de Abobrinha, afirmando que seu nome é “Dr. Pompeu Pompílio Pomposo”.  Porém, em um episódio em que seu primo gêmeo Dr. Berinjela aparece, parece muito claro que Abobrinha pode ser o nome verdadeiro dele e que suas afirmações de que sejam “Dr. Pompeu” sejam só um apelido de que gosta. Possui uma leve queda por Morgana, o que é provado quando um dia ele se disfarça de Dr. Victor e a entrega um cartão de aniversário.

Lord Voldemort: “Aquele que não se deve dizer o nome” pode ser malvado mesmo, porém é por conta dele que todas as aventuras de “Harry Potter” ocorrem…

O que eles têm de tão parecido: São os vilões.E alem de muito malvados, ambos são carecas…

Etevaldo: Um garoto alienígena de planeta não conhecido. Sua primeira visita ao nosso planeta contou com o primeiro encontro com o pessoal do castelo. Após ler um dicionário inteiro em questão de segundos, ele dominou o idioma humano, embora continue cometendo alguns erros de português. Um tanto ingênuo sobre costumes terrestres, mas sempre brincalhão e divertido. Vem visitar o castelo com frequência, entrando via teleporte direto de sua nave espacial. Seu nome, Etevaldo, foi dado por Zeca, já que seu nome mesmo, no idioma de seu planeta natal, ninguém consegue entender.

Hagrid: Difícil não ter afeição pelo desengonçado gigante de Hogwarts, que está sempre auxiliando a turma de Potter.

O que eles têm de tão parecido: São os amigos estranhos. Alem de serem brincalhoes e divertidos.

Penélope: Uma jovem repórter, muito bonita e popular na televisão, apresentadora de seu próprio telejornal. Sempre se destacando por sua vestimenta, maquiagem e cabelos cor-de-rosa, Penélope adora visitar o castelo e se divertir com as crianças. Nino, não muito secretamente, tem uma leve queda por ela no começo da série. É conhecida por ser altamente escandalosa quando vê um rato ou quando descobre ou ouve algum fato chocante, soltando um berro de se ouvir no outro lado do mundo.

Ninfadora Tonks: Uma bruxa muito especial, que pode mudar sua forma completamente à partir de sua vontade. Também conhecida nos livros, por ter várias cores de cabelo, como uma velha, e até mesmo com um bico de pato e focinho de porco.

O que eles têm de tão parecido: São as garotas de cabelo colorido. Alem de usarem praticamente o mesmo corte…

Godofredo: Monstro parecido com uma ratazana, outros pensam que ele seja um Elfo. Um tanto caseiro que mora com Mau nos encanamentos, vive com medo da Gargalhada Fatal, fazendo de tudo para ajudar os telespectadores com os desafios do Mau. Às vezes, entretanto, ele leva a melhor, enganando Mau ou fazendo Mau não dar sua Gargalhada.

Dobby: Elfo-doméstico, que representa um papel muito importante na trama e está sempre envolvido nos momentos mais engraçados do filme.

O que eles têm de tão parecido: Os monstrinhos dóceis. Alem de sempre estarem dispostos a ajudar.

Ratinho: Morando em um buraco de rato com garagem, Ratinho pode ser visto cantando pneu pelo castelo em seu Ratomóvel, indo direto para seu buraco e dando começo ao seu próprio quadro, o qual mostra coisas importantes como jogar lixo no lixo, escovar os dentes, tomar banho e reciclagem…

Pedro Pettigrew: Também conhecido como Rabicho, o animago viveu como rato durante um grande período, adquirindo feição de rato e nariz pontudo. Estudou em Hogwarts na mesma época que Sirius Black, Tiago Potter e Remo Lupin.

O que eles têm de tão parecido: São os ratos. Que vivem ou viveram em um buraco.

Adelaide: Gralha de estimação. Morgana afirma que encontrou ela ainda filhote, abandonada pela mãe por ser capaz de falar. É um tanto criança às vezes, brigando com pessoas por não darem atenção para ela ou por não poder fazer coisas como quer, prontamente ganhando de Morgana uma lição de história referente ao tema.

Edwiges: É uma coruja-das-neves que leva mensagens para e do seu dono, onde quer que ele esteja. Harry ganhou a coruja do amigo Hagrid, antes de entrar em Hogwarts, enquanto compravam seus materiais escolares básicos e sua varinha mágica, no Beco Diagonal, ainda no primeiro livro da série.

O que eles têm de tão parecido: São as aves. Ambas têm muita personalidade e sãomais “falante” que as corujas-da-neve comuns. Alem de aparentarem um apego maternal ao seu dono, e sente ciúmes…

Mau: Monstro roxo que habita os encanamentos do castelo. Seus passatempos envolvem mostrar que ele é mau como diz seu nome, mas aparentemente não tem muito sucesso por que no fundo, ele é um monstro de coração. Seu quadro no castelo envolve perguntar aos telespectadores respostas de enigmas ou repetir trava-línguas, sob ameaça de ouvirem sua temível “Gargalhada Fatal”. Outro passatempo dele é correr pelos encanamentos do castelo, fazendo barulho. Suspeita-se que o Mau tenha vindo do Pantanal. Mau demostrou em um episódio, uma queda pela personagem Zula, o que é mostrado quando ele a convida para conhecer seus encanamentos.

Basilisco: É uma serpente enorme cujo olhar é capaz de matar uma pessoa instantaneamente através de clorofilas minúsculas que secretam um poderoso veneno que atinge em cheio o cérebroda vítima, por isso quando visto de um espelho é-se petrificado até beber o Suco de Mandrágora. Basiliscos nascem quando uma uma cobra engole um ovo de galinha que tenha sido chocado por uma rã. Tem muita resistência, podendo viver muito tempo. Mas o canto do galo pode lhe ser fatal, segundo dito no livro Harry Potter e a Câmara Secreta. O veneno de um basilisco é uma substância altamente nociva e o único antídoto para tal veneno é a lágrima de uma fênix. Este mesmo veneno é também uma das poucas formas conhecidas de se destruir Horcruxes.

O que eles têm de tão parecido: São criaturas que vivem no esgoto. Alem de ambas serem ameaças por suas temíveis “qualidades” fatais, hehehe

Celeste: Uma cobra cor-de-rosa que habita a árvore do castelo, ela é geniosa e um tanto egoísta às vezes, mas nunca chega ser violenta como suas contrapartes do mundo animal. Seu passatempo favorito para exasperação dos demais é reclamar que ela é “só uma pooooobre cobra sem pernas, nem pés, nem braços nem mãos“. Geralmente reclama com Nino e costuma o corrigir, caso aja infantilmente, o quie gera brigas entre os dois. Mas em outros momentos, parecem demonstrar amizade e afeto um pelo outro.

Snape: Com voz e jeito soturnos, o professor deixou em dúvida, em alguns momentos, a qual grupo pertencia, apesar de sempre parecer amedrontador

O que eles têm de tão parecido: São cobras. Mas ambos parecendo ser uma ameaça, demonstram amizade e afeto pelos outros com o decorrer das séries.

Planta Carnívora: Flor que mora em um vaso na entrada da sala de música. Ela não fala e raramente interage com os outros personagens. Sempre morde o dedo das pessoas que tentam passar a mão nela.

Salgueiro Lutador: É uma alta árvore que fica nos terrenos da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. Seria uma árvore comum, se não pudesse movimentar o seu tronco para atacar quem esteja perto. Ele foi plantado quando Dumbledore tornou-se diretor da escola, com propósito de ajudar o jovem Remus John Lupin (que fora mordido e transformado em lobisomem) a transformar-se, em todas as luas cheias, sem que oferecesse perigo a nenhum dos outros alunos. Lupin utilizava uma passagem, por baixo das raízes da árvore, para chegar à Casa dos Gritos, onde se transformava e permanecia até voltar ao normal. O Salgueiro Lutador tem um botão que se for apertado imobiliza-o.

O que eles têm de tão parecido: São as plantas diferentes. Apesar de belas, caso não haja cuidado, podem ser bem perigosas.

Castelo: Um castelo que fica no meio da cidade de São Paulo. É habitada animais e humanos sobrenaturais.

Hogwarts: Um internato de magia para bruxos e bruxas com idades entre onze e dezessete anos. É o palco principal para os primeiros seis livros da série Harry Potter. A propriedade de Hogwarts é muito vasta e os alunos do primeiro ano chegam à escola atravessando o lago em barcos de madeira. Enquanto os outros alunos vão em carruagens aparentemente sem cavalos, mas na realidade, puxadas por Testrálios, que só podem ser vistos por quem já viu a morte de perto. O lago de Hogwarts contém muitas criaturas mágicas como por exemplo a lula gigante, sereianos, grindylows, entre outros.

O que eles têm de tão parecido: O cenário. Alem de ser palco principal de ambas as histórias, também guardam muitos fenômenos e criaturas sobrenaturais.

 

E vocês, o que acham?

Fãs, por favor levem na brincadeira… Pois afinal, se parecem bastante vai!? Hehehe

Beijos. 

69 Comentários
15
Jan

Desastres do Rio: E os pobres animais…?

Opinião Pessoal Polêmica

Que nós brasileiros temos o espírito solidário, disso ninguém tem dúvidas; prova disso é as enumeras doações, desde alimentos à roupas, artigos de higiene pessoal, dinheiro e até mesmo sangue, para ajudar as vítimas de uma das maiores desgraças do país, que assolou a Região Serrana do Rio nos últimos dias, um estado de calamidade na região.

Mas e os pobres animais?
Se a situação para nós humanos é de total desespero, um dependendo da ajuda do outro, que dirá para eles…

Pensando nisso então, a WSPA está coordenando uma campanha a estes animais, vítimas das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis), uma campanha de doação; e faz um apelo aos que desejam colaborar no auxílio aos animais, atingidos pelas fortes chuvas que castigaram o local.

Para ajudar neste momento, existem duas formas: em dinheiro (lembrando que APENAS essa conta é a oficial, coordenada pela WSPA. Todos os recursos serão empregados na prestação de socorro e prevenção de doenças em prol do bem-estar dos animais) ou em forma de produto, como ração e medicamentos veterinários para os animais.

As doações em dinheiro podem ser feitas por depósito em nome de:

Defensores dos Animais
CNPJ: 04.363.242/0001-09
Banco Bradesco
Agência: 279-8
Conta-poupança: 172813-0


Endereços para entregas de doações na região (Ração, materiais, medicamentos):

GAPA – Grupo de Assistência e Proteção aos Animais Itaipava
Telefone: (24) 2222-8419;

Clínica Bicharada
Estrada União Indústria, 10661, Itaipava/ Petrópolis (RJ) – CEP: 25750-225;

ONG Combina (Companhia dos Bichos e da Natureza)
Rua José Eugênio Muller, 36, Centro – CEP: 28610-010 – Friburgo – Rio de Janeiro;

Armazém do Gemmal
Estrada União e Indústria, 10.733, Itaipava – CEP: 25750-225
Tel: (24) 2222.0298.

A WSPA também fez contacto com alguns parceiros para apoio à campanha. Por exemplo, o Laboratório Merial doará um lote de vacinas para prevenção da Raiva e Leptospirose, as quais serão encaminhadas para uma clínica veterinária parceira na região de Itaipava e a Pedigree confirmou a doação de 1 tonelada de ração para cães e gatos.

Eles coordenam essa acção em apoio aos animais, junto às seguintes ONGs afiliadas: a Defensores dos Animais (Rio de Janeiro), o GAPA (Itaipava) e a AnimaVida (Petrópolis), a Combina (Nova Friburgo) e SOS Animal (Teresópolis), que estão se mobilizando regionalmente, visando minimizar o sofrimento dos animais.

A instituição permanece em contacto com os parceiros e está realizando um levantamento dos animais afectados para que possam ser socorridos, alimentados e tratados.

A situação está caótica: a área afectada reúne muitas espécies em abrigos, haras, sítios, além de centenas de animais abandonados nas ruas, cenário agravado pela situação actual das famílias desabrigadas. Segundo o último balanço do governo do Estado do RJ divulgado em 13/01, Petrópolis tem 6.500 desabrigados ou desalojados, e 1.500 casas total ou parcialmente destruídas. Em Teresópolis, são 960 desalojados e 1.280 desabrigados. Em Nova Friburgo, 3.220 desalojados 3.220 e 1.970 desabrigados.

By – WSPA: http://migre.me/3FyKe.

Por isso, para aqueles que quiserem e principalmente puderem, fica a dica.

“Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa protecção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles.” Por: Philip Ochoa

Beijos.

12 Comentários
29
Dez

Na papelaria, Grafon´s

Opinião Pessoal Testados & Adorados

Desde pequena, as melhores horas do ano letivo era as de comprar o material escolar, rs.

Tudo cor-de-rosa, de bichinhos, cheirinho de novo… Ai que delícia!

Agora depois de crescida, me sinto um pouco mal: as coisas mais fofas estão aparecendo agora, bem quando já terminei o colégio, rs.

Porém, o que me alegra é que mesmo tendo deixedo os cadernos com as matérias para trás, as agendas de compromissos me acompanham; uma idéia util e “adulta”, mas com o gostinho da época de criança!

E com o começo do ano já batendo a porta, uma super idéia de presente, para ambos os sexos; pois mesmo com tanta tecnologia, uma agenda continua sendo item indispensável, pois elas não possui limites de memória, não dão “boog”, não acabam a bateria…

Uma das melhores marcas, tanto em modelos quanto em variedade, é a Grafon´s: que a cada ano lança diversos modelos de produtos, incluindo AGENDAS…
Tudo para deixar qualque pessoa maluquinha pela variedade; preço acessível e qualidade!

Alguns dos meus favoritos:

E o melhor: Sempre lançam concursos culturais no site oficial: onde premiam os melhores e mais criativos! Transportando a criatividade, das folhas pessoais para mundo digital!

Para mais informações, para além do site, existe ainda o Twitter Oficial da Marca (@grafonsonline) onde anunciam todas as novidades, concursos…

Nota: Tenho que confessar que, mesmo não estudando mais tenho uma coleção de cadernos, folhas e morro de dó de usá-los, rs.

Beijos.

3 Comentários
!-- WP FOOTER -->