19
Jul

Medo da Verdade

Jéssica Pagliai @ Filmes & Séries


A esperança começa quando os segredos são revelados…

 gone-capa

estrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheia

Patrick Kenzie Casey Affleck e Angela Gennaro Michelle Monaghan são sócios em uma agência de detetives e também namorados. Um dia eles recebem a proposta de investigar o misterioso desaparecimento da pequena Amanda McCready Madeline O’Brien, levada quando sua mãe, Helene Amy Ryan, a deixou sozinha em casa. A polícia também investiga o caso, sendo liderada por Jack Doyle Morgan Freeman. Patrick conhece bastante as pessoas do bairro em que Amanda vivia e passa a conversar com as pessoas. Logo descobre que a história que Helene contou à polícia não era verdadeira. Aos poucos ele percebe que há mais mentiras vindas dos envolvidos no caso.

Alguns dados técnicos:

título original: Gone Baby Gone
lançamento: 2007
duração: 114 min.
diretor: Ben Affleck

No IMDB: 7.7

Em meio de bairros pesados, cafetões, traficantes de drogas e prostitutas um mistério cada vez maior assume a dimensão de provocar a questão de o que é certo e o que é errado, firmemente colocando tanto a história quanto para o espectador uma luta entre ética situacional e absolutos morais.

Gone Baby Gone administra ambos os lados, e se envolve em uma história de um detetive contundente que serve tanto para começar brigas de bar e tiroteios com gangues, como enfrentar problemas maiores que vão além de força e balas… Este é um daqueles raros filmes em que do início ao fim, a experiência é rica e surpreendente! Não há nenhuma reviravolta final clara desde o começo mas sim, uma história em camadas que se abrem como uma boneca russa, com um dilema moral em seu núcleo.

Com um grande elenco onde todos dão performances envolventes, como Amy Ryan como uma mãe cheia de problemas e que é a peça central desta história, elenco de apoio com nomes como o de Morgan Freeman e Ed Harris completam um elenco impressionante, mas é o Affleck caçula, que leva este filme nas costas e, facilmente superando seu irmão e diretor em termos de amplitude e variedade de agir. Ok, não tirando os méritos de Ben, que na sua estreia na direção, dá causas para refletir como valores que nos são caros como indivíduos e de uma sociedade, e os fundamentos morais sobre os quais se baseiam… Com um toque especial, que dá uma sensação genuína e autêntica, Ben Affleck tem uma maneira de escrever sobre a vida nas ruas de Boston, que nos transporta e por ser muito criativo sabe como chamar a atenção.

Este filme parecia que poderia desmoronar a qualquer momento, mas ainda a história levantou e conseguiu obter a sua mensagem que afinal o que é um de filme sem uma “moral da história” mas este, não tentou fingir ser profundo ou tentar impressionar… Faz o que tem que se fazer, mesmo em resposta a uma pergunta muito difícil.

gone-bonus

The Affleck’s brothers!

Beijos.

Nenhum Comentário

 

Deixar uma resposta

!-- WP FOOTER -->