06
Jan

Estádio do Dragão, FC Porto

Meu mundo

Que o Brasil é o pais do futebol, disso não temos dúvidas… Mas aqui em Portugal, as torcidas não ficam nada atrás. Um diferencial é que, por aqui, até as mulheres sabem bastante sobre o assunto.

Confesso ser, hoje em dia, adepta torcedora do Porto. Sinceramente, não pelo futebol (o qual já disse enumeras vezes, que não gosto tanto assim, rs) mas pela torcida e tradição, bem parecidos com o Corinthians; que como dizem é time dos “maloqueiros” e meu de coração (para desgosto do meu pai sãopaulino, rs).

Sem contar que, na equipa equipe existem jogadores brasileiros: Helton, Fernando, Maicon, Souza, Walter e o idolo da torcida, o paraibano Hulk.

Para se chegar no estádio é super simples; basta ir de metro até a estação Estádio do Dragão; e como o nome já diz, saimos mesmo ao lado do “Dragão”, rs.

.

Sobre o estádio, alguns dados técnicos: Capacidade de 50,399 lugares, todos sentados e cobertos. (Lugares de bancada: 45.634, Lugares de empresa: 1.176, Camarotes de família: 1.120, Lugares de tribuna: 898, Camarotes de venda livre: 596, Camarotes de 5 a 6 estrelas: 372, Lugares de Imprensa: 194, Camarote presidencial: 120 e Deficientes e acompanhantes: 104); Estacionamento para: 1.186 lugares (Venda livre: 516, Vip: 272, Lugares de empresa: 240, Zona Técnica: 100 e Zona desportiva: 48); Foi o primeiro estádio europeu a conseguir a certificação “GreenLight”. Esta é uma certificação da Comissão Europeia (através da ADENE – Agência para a Energia), premiando o esforço realizado em termos da utilização racional de energia e na qualidade da iluminação; Abriu as portas em 1952, mas foi remoelado e inaugurado em 2003; Seu custo aproximado foi de €98.000.000.

.

Curiosidades: Por aqui na Europa, um costume muito legal é que, os torcedores usam cachecois dos times, e no inicio dos jogos, a torcida os ergue;

Ao assistir o primeiro jogo do time (o qual se vai torcer) chamam de baptismo;

E para os torcedores do Porto, é costume e parte do baptismo, ao sair do jogo, se comer o prato tipico portenho, a Francesinha;

No golo gol, falam a posição do jogador, o nome e a torcida grita, repetindo seu nome (video); Assim como Corinthians x Palmeiras, a maior rivalidade é Benfica x Porto (video);

Numa jogada, se a bola cai na arquibancada, a torcida devolve a bola, na mesma hora, rs.

Uma das melhores coisas, é que a torcida, de todas as idades e ambos os sexos uniformisados, sem preconceitos e nem medo de lá estar, coisa que no Brasil ainda não é possivel…

.

Para quem tiver a oportunidade de cá vir, fica a dica, rs.

Beijos.

9 Comentários
10
Mar

Xenofobia: preconceito conta imigrantes

Arquivo Confidencial

Como todo mundo por aqui já deve saber, sou uma imigrante brasileira.

E confesso que só fui ter conhecimento deste tipo de preconceito, após ter sentido na pele esta situação.

Ao tirar meu curso de Ação Social por aqui, falei justamente sobre este assunto, e então pesquisei bastante sobre isso e descobri varias coisas…

Para quem não sabe, Xenofobia é a aversão, o preconceito a pessoas e coisas estrangeiras, ou seja, acontece em todos os países contra todas as etnias.

Com relação ao existente conosco brasileiros, tenho uma teoria: o Brasil é sincero demais… Todas as coisas más que acontecem, se noticia em repercussões mundiais, o que para fora do país se pensam haver só violências e assaltos. E as boas? São ligadas ao clima tropical, as riquesas naturais…

Como por exemplo, quando a atriz Kristen Stewart chegou a São Paulo, para divulgação do filme Lua Nova disse que não imaginava que existiam tantos prédios no Brasil…

E vocês, o que acham sobre isso, sobre este assunto? Sei que é um tanto quanto delicado, mas achei importante por aqui comentá-lo… Hehehe

 

Este imagem que estou usando é uma propaganda que diversos países fazem contra a imigração… Por isso não se assustem!

Beijos.

15 Comentários
!-- WP FOOTER -->