28
Fev

Home Cinema Popcorn Maker Kit

Coisinhas Fofuras

Transformando sua casa, num verdadeiro Cinema!

Nada combina melhor com uma sessão de cinema do que pipocas, recém-estouradas… E estão tão interligados, que assistir a um filme não tem a mesma graça sem um punhado dessas pepitas macias! O único problema é que, com bilhetes de cinema ficando cada vez mais caros e o “sistemas de cinema em casa” ficando mais barato, não vamos mais aos cinemas com tanta frequencia. O que significa que nós estamos tendo que nos contentar com as nem tão boas pipocas de microondas.

Bem, não mais! Porque com a Home Cinema Popcorn Maker Kit, fará montanhas das quentes, maravilhas e esponjosas , usando a mesma tecnologia dos quiosques…

Basta encher o funil com o milho já incluído e configurá-la. Não há nenhum ingrediente a mais envolvido, a não ser os que já terá em casa! Quando você fizer o suficiente, coloque um pouco do tempero de caramelo ou manteiga e pronto. Ahm, mas não se esqueça de as coloque nas caixinhas também incluidas no kit e servir, como no cinema!

Características do produto:

Faz quentes e macias pipocas ao estilo dos cinema, em minutos;
Sem sujeira e sem barulho;
Vem com uma travessa removível.

Conteúdo da caixa:

Pipoqueira doméstica Vintage;
2x Milho Kernel Seasons Popcorn (454gr.);
Temperos para pipoca (74gr.) nos sabores: Caramelo e manteiga;
25x Caixas de pipoca.

O acompanhamento ideal para uma noite de cinema com os amigos, entretendo as crianças… E agora, tudo que você precisa é de um copo cheinho de coca-cola!

Já sinto cheinho de pipoca… E vocês? Hehehe

Imagem bônus:

Beijos.

5 Comentários
04
Nov

#Crítica, Puro aço

Cinema Filmes & Séries

A coragem é mais forte do que o aço.

Confesso que pensei que ia ser mais um daqueles filmes bregas, exagerados ao estilo Transformers… Mas fiquei realmente surpresa!

Mesmo no contesto de uma ficção, uma vez que por enquanto as lutas não são protagonizadas por robôs, tem elementos que deixam o filme real. Ok, é uma história que já vimos fazer um milhão de vezes … Mas nunca tão criativa e com esse tipo de plano de fundo!

Hugh Jackman… Sempre pensamos nele como Wolverine, né? Com garras de Adamantium rasgando coisas, com ar selvagem e feroz; Mas este filme traz uma imagem de um Jackman totalmente novo: Como um pai caloteiro e arrogante, ex-boxeador que transforma as lutas de gladiadores robôs em sua própria vida! Como sempre fez um ótimo trabalho, mas a verdadeira estrela do show é, sem dúvida, o filho de seu personagem, interpretado por Dakoto Goyo. O garoto parece chatinho no começo e quando menos esperamos, se torna totalmente cativante!

O final nos deixa cheios de dúvidas o que para eu curiosa como sou não é muito legal mas, quem quer um grande fim, quando podemos vê-lo durante o filme inteiro?
Tem alguns momentos grande comédia, as relações entre os atores sentiram genuína e não exagerado ou forçado. Os robôs divertidas e imaginativas, nos dando o gostinho de que o esporte fosse mesmo real, mesmo para mim que não gostava de lutas, até então admito… Hehehe

Você vai torcer, chorar, rir e ser completamente surpreendido!

Com a mesma adrenalina de Rocky e com um conjunto muito melhor de ação e elenco e grandes atuações…

Infelizmente não tem material para concorrer ao Oscar, mas é um grande filme, e no final de tudo, apenas isso já importa!

 

Então para resumir: O filme é incrível! A história é uma graça, as atuações fenomenais, efeitos especiais excelentes… Não falta nada, já que lá estavam: a ação, o drama, a comédia e até uma pitadinha de romance… O que eu mais gostei foi a química entre Charlie, Max e Bailey e cada um dos personagens no filme. Todos que trouxeram seus personagens para a tela, sopraram para nossas mentes suas performances. Devo dizer que eu não esperava que este filme seja tão bom. Minhas expectativas eram altas para os efeitos especiais e atuação de Hugh, mas o que este filme trouxe foi muito mais que isso. Recomendo, por não se destacar em sua grandeza mas sim pelas alucinantes performances!

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 03 de novembro, e no Brasil foi em 21 de outubro. 

Beijos.

9 Comentários
23
Set

#Crítica, Premonição 5

Cinema

Premonição 5, a morte nunca esteve tão perto é mais um e provavelmente último filme da franquia.

Como em todas as sequências, a história é basicamente a mesma: Um grupo de almas inocentes que nunca deveria ter sobrevivido a um terrível acidente, e, em uma corrida contra o tempo aterrorizante o grupo tenta descobrir uma maneira de escapar agenda sinistra da Morte. Pois é, se você estiver indo ver esse filme, é porque você sabe que você está esperando…

O primeiro narrou um acidente de avião, o segundo numa estrada, o terceiro na montanha-russa de um parque de diversões, o quarto numa apresentação de corrida de carros e por fim, o mais recente um terrível acidente numa ponte suspensa de uma grande cidade.

Estão se preguntando o porque de eu ter relembrado todas as passagens dos filmes anteriores não? Mas não se preocupem, ao assistir o filme perceberão o porque! Hehehe

 

O que tem de novo nessa versão, com certeza é o oposto do que foi oferecido em Premonição 2 em que a vida nova pode derrotar a morte. Agora, tirar a vida é muito mais aparente e dramático do que criar uma nova vida… Fazendo com que eles tenham que se preocupar com a morte e também com o que estão dispostos a fazer para sobreviver. O que proporciona alguns conflitos extremos entre os personagens.

Dessa vez também, o filme conta com um enredo, o que penso ser o ponto negativo pois se concentram muito no detalhe de apresentar ligações entre todos, e terem se esquecido do principal como as mortes arrepiantes, como em Premição 3 meu favorito da série.

Há também um final inesperado que vai fazer você dizer #omg #wtf! Hehehe

Se você é fã vai delirar com a abertura que traz cenas que lembram as temáticas anteriores, e o desfecho com algumas das mortes, todas em efeito 3D.

 

Então para resumir: Premonição 5 é o praticamente o mesmo que você viu das quatro vezes antes e, claro, se você não tiver visto todos os outros, então não se preocupe! Penso que a exceção apenas do primeiro, já que não sabiamos o que lá ia acontecer…

 

Assistiram? Concordam? São fãs?
Então não deixem de comentar, hehehe

Beijos.

9 Comentários
29
Abr

Thor

Cinema

Ontem fomos assistir a estréia de Thor, em 3D.

Sim, aqui em Portugal foi um dia antes da anunciada no Brasil e, por mais incrível que possa parecer, o cinema não lotou pra dizer a verdade, chegou muito longe disso, rs.

“A aventura épica se inicia no planeta Terra nos dias de hoje até reino de Asgard. O Poderoso Thor é um arrogante guerreiro cujas ações intempestivas despertam uma guerra antiga. Como castigo, Thor é enviado à Terra e forçado a viver entre os mortais. Uma vez aqui, ele aprende o que significa ser um verdadeiro herói, depois que o vilão mais poderoso de seu mundo envia as forças negras de Asgard para invadir o planeta.”

Gostei muito da história, pois é bem diferente das que estamos acostumados aquelas, de humanos geneticamente modificados, rs.

Tem um toque humoristico em algumas cenas, e claro como não poderia faltar, uma pitadinha de romance…

Os efeitos também são optimos! Fez compensar a experiência trágica de O último Airbender (O último mestre do ar), rs.

Mas o melhor de tudo com certeza é o Thor…

Que meu namorido não me “leia” até porque não me cansado de falar isso desde que saimos do cinama mas ele é o estilo que todas as mulheres adoram: lindo com cara de bebé mal, CAVALHEIRO, romântico, fofo, aiai.

A partir de ontem, se tornou meu super-heroi favorito, rs.

Deixo então, um aperitivo para vocês verem que não estou mentindo…rs:

E vocês, qual seu super-herói favorito?

Beijos.

7 Comentários
07
Set

A Origem

Cinema

Graças a nossa companhia de televisão/internet/telefone (sim, todos esses serviços juntos em apenas um) e as reclamações do Eder, ganhamos convites para o cinema; que adivinhem: pertence também a esta mesma companhia…rs

Fiquei muito relutante de começo (assim como no “O ultimo Airbender”) mas desta vez estava completamente equivocada: este sim é um ótimo filme.

Transporta-nos para a história, que já em si é fascinante: os sonhos.

Sinopse: Dom Cobb (DiCaprio) é um ladrão habilidoso, o melhor de sua geração, que extrai segredos valiosos das profundezas do inconsciente durante o sono com sonhos, quando a mente está mais vulnerável. Sua rara habilidade o tornou peça fundamental no traiçoeiro mundo da espionagem industrial, mas também o tornou um fugitivo internacional e o fez perder tudo o que mais amava. Pela primeira vez, Cobb tem sua chance de se redimir, em um último trabalho que pode dar-lhe sua vida de volta se ele conseguir o impossível: ao invés de roubar informações da mente, ele terá de criar novas.
Cobb e sua equipe terão de plantar um pensamento. Se eles conseguirem, será o crime perfeito.”

By: Cine Pop: http://www.cinepop.com.br/filmes/origem.php

Alguns pontos fortes: A mistura de géneros: hora ação, hora ficção, uma pitada de romance; consegue nos transportar para a “telona”, nos dá a sensação de estarmos mesmo vivendo o filme; a ligação entre todos os personagens; a intensidade de sentimentos envolvidos em todas as cenas.

Ponto que ficou a dever: Pessoalmente, as cenas de ação que não gosto nada, rs

Cena que mais gostei: A cena onde explica a “lavagem cerebral” que fez em sua própria esposa (não conto mais para não estragar o filme,rs).

Ponto que traz a minha vida atual: A sensação de por vezes, estar distante de tudo, e todos que amo. E, para tentar manter sempre uma ligação, utilizar um canal; mas no meu caso a internet…rs

Filme espetacular, me deixando até mesmo sem palavras para o descrever! Rs

Nota: Não sei se prestaram atenção, mas o diretor deste filme é o mesmo de “Batman – O cavaleiro das trevas”; um dos atores é Joseph Gordon-Levitt que de tão parecido com Heath Ledger, chega mesmo a assustar, rs.

Beijos.

17 Comentários
!-- WP FOOTER -->