14
Fev

#Critica: O jogo da imitação

Cinema

Sometimes it is the people no one imagines anything of who do the things that no one can imagine.

tig-capa

Estamos conscientes de que, de maneiras diferentes, os computadores tem influenciado e muito nossa maneira de viver e enxergar o mundo! Assim como os grandes inventores do mundo, Turing foi uma da mentes mais brilhantes da história da computação e primórdios da programação… O Jogo da imitação é a história quase que biográfica de um salvador, um herói antes pouco conhecido da Segunda Guerra mundial chamado Alan Turing, um gênio matemático britânico que secretamente trabalhou incansavelmente para decodificar o código alemão Enigma, dentro do Hut 8 em Bletchley Park.

(mais…)

Nenhum Comentário
10
Fev

#Critica Star Wars 3D – Episode I

Cinema

Star Wars Episódio I – A Ameaça Fantasma

Escrito, produzido e dirigido por George Lucas e é estrelado por Liam Neeson, Ewan McGregor, Natalie Portman, Jake Lloyd e Ian McDiarmid. O quarto filme da franquia lançado em Star Wars é, na verdade, o primeiro de três que levam até a Star Wars lançado em 1977.

Segue basicamente o Mestre Jedi Qui-Gon Jinn Neeson e seu aprendiz Jedi Obi-Wan Kenobi McGregor, que tem a missão de escoltar e proteger a rainha Amidala Portman de Naboo para Coruscant, na esperança de encontrarem a paz quando uma disputa comercial interplanetária começa a transbordar. Durante a viagem param em Tatooine e lá encontram um garoto chamado Anakin Skywalker. O Jedi sente a força do jovem Skywalker e recrutá-o para o grupo com a intenção de treiná-lo para se tornar um Cavaleiro Jedi. Enquanto isso, com as hostilidades estelares na galáxia e o Sith misterioso está se movendo na nova formação…

O filme tão esperado chegou em 1999 e retornou nas telonas esse ano adaptado em 3D mas, talvez sem surpresas A Ameaça Fantasma não conseguiu cumprir a expectativa de fãs de Star Wars e críticos…  Não é um grande filme, mas é uma experiência cinematográfica divertida. Com certeza, erros foram cometidos mas as cenas de ação, intrigas, as trilhas sonoras do filme foram boas o suficiente…

Após a trilogia ter cumprido seu curso, mesmo sendo livre da hype e expectativa e transformado em 3D é o tipo de filme de ficção-científica que realmente é mais gostoso de ser visto em casa, com bastante pipoca e Guaraná… E vê-lo brilhar em HD o desassocia com as memórias de ouro de 77, 80 e 83, por muito estranho que isso pareça.

Então, sim, cheio de falhas, onde peças e conjuntos ação se mantêm a meu ver longe do status de origem.  A última excelentemente marca de John Williams é a coreografia. As batalhas enchem os olhos e os ouvidos, principalmente o exército Droid contra o de Gungan, e há toda uma série de novas criaturas e alienígenas para nos familiarizar. A acusação do exagero de CGI é justa, e esta questão é um problema mais proeminente no padrão, já que a maior parte dos personagens não são humanos, o que é apenas mais uma razão para ver o que há de errado em a Ameaça Fantasma.

Então, sente, relaxe, saboreie alguns petiscos no corforto de sua casa! Honestamente? Não merece a entrada no cinema e nem a taxa 3D…

 

Então para resumir: Este não é um filme terrível. No entanto, há uma enorme distancia deste filme, com os da trilogia original, tanto cronologicamente quanto em seu impacto. Claro que existem aqueles que dirão que “a tecnologia evoluiu” ou que “se você tem a opção de utilizar vários recursos modernos, por que não usá-los?”… O problema é que os filmes antigos ainda não parecem datados e as cenas de ação em comparação a primeira trilogia ainda se realiza extremamente bem. Mas alterar a fórmula não fez com que as coisas melhorassem. Este filme é suposto ter sido anos antes de Star Wars. E acho que muitos elementos do filme parecem “anos luz à frente” o que honestamente, não faz qualquer sentido!

No entanto, houve coisas sobre esse filme que decepcionaram. Uma delas é que, apesar dos efeitos visuais impressionantes, trilha sonora forte e bons personagens, a história nunca se destacou. Ela demorou para começar o que me rendeu alguns cochilos e quando o fez, foi prejudicado pelas atuações desiguais. Liam Neeson é um ótimo ator como podemos perceber principalmente em A Lista de Schindler e o mesmo vale para Ewan McGregor. Mas, como Qui-Gon Jin e Obi Wan Kenobi, ambas as estrelas dão performances onde às vezes pareciam até constrangidas. E como eu disse, o ritmo é muito desigual, onde há alguns momentos lentos e nas cenas seguintes, apressadas… Tudo isso somado então, resulta na minha decepção.

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 09 de fevereiro, e no Brasil em 10 de fevereiro. 

Beijos.

4 Comentários
!-- WP FOOTER -->