17
Ago

#Critica Homem de Aço

Cinema

Ok, eu confesso: O Super Homem nunca foi meu super-herói favorito! Mas, sempre foi o da minha mãe… Sim, na primeira versão, de 1978 ela que foi na estreia no cinema e o assisti em duas vezes em sessões seguidas! Hehehe

Capa

Em Man of Steel, há uma mistura dos dois primeiros filmes, com a origem do Superman e da luta contra o General Zod mas, onde se destaca as ideologias sobre a Terra e o planeta Krypton

Num filme de super-heróis produzido por Christopher Nolan o responsável pela trilogia de Batman e dirigido por Zack Snyder de sucesso com como 300, Watchmen onde estão reiniciando o ícone do super-herói clássico e conseguindo manter sentimentos de emoção e surpresa ao mesmo tempo!

(mais…)

2 Comentários
23
Out

#Critica, Contágio

Cinema

Porque nada se propaga como o medo!

Este filme é um bem realista! Conta o rápido progresso de um vírus letal, transmissível pelo ar, que mata em poucos dias. Enquanto a comunidade médica mundial inicia uma corrida para encontrar a cura e controlar o pânico que se espalha mais rápido do que o próprio vírus, as pessoas comuns lutam para sobreviver em uma sociedade que está desmoronando.

Sem um personagem principal, já que no processo da sua loucura em que não existem heróis e vilões, mostra os diferentes efeitos de uma epidemia mundial.

Retrata uma pequena aldeia chinesa que por estar perto da fonte do vírus, luta por sobrevivência; Um blogueiro equivocado que acaba por incitar a violência e o surto de pânico generalizado; Um pai recem viuvo, tentando proteger sua filha única. O grupo de controle de doença em uma incansável luta contra o tempo para rastrear o vírus e contê-lo.

Traz também um lado educacional, pois passamos a conhecer como um vírus se propaga, qual a reação da sociedade a uma pandemia e como as pessoas reagem à ela. E ao estarem isoladas, a quebra social, o pânico e tumulto se instalam. Uma vez que o contágio começa algumas pessoas podem ter imunidade, enquanto outros não tem tamanha sorte…

Pois algo simples pode causar um novo vírus mutante que se espalhar rapidamente entre humanos não apenas pelo contato, mas também por conta da facilidade de viagens aéreas.

Os “cortes” entre diferentes linhas da história impedem de ficar entediar e nada do que acontece parece ser irreal… É bem intenso e uma assustadora demostração do que realmente poderia ter acontecido se a gripe A não fosse contida a tempo.

Então para resumir: É um filme sólido, que oferece argumentos suficientemente instigantes de que, apesar de todos os avanços científicos a humanidade ainda está impotente na prevenção de novos surtos virais. E até mesmo numa aparente e bem organizada sociedade facilmente se render ao caos da batalha final, na luta pela sobrevivência individual, onde todos são alimentados por notícias imparáveis, na qual o sensacionalismo se torna ianda mais lucrativo, em uma inevitável dependência do apoio mútuo já que o dinheiro e poder já não mais se aplicam na maioria dos casos,  mas sim as atividades ilícitas e entidades governamentais…

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 20 de outubro, e no Brasil será em 28 de outubro. 

Beijos.

5 Comentários
!-- WP FOOTER -->