20
Abr

O Hobbit: A Desolação de Smaug

Filmes & Séries

E sempre que vejo algo relacionado com esse filme, internamente começo sempre a cantar:

“Now I see fire, Inside the mountains… I see fire, Burning the trees… And I see fire, Hollowing souls… And I see fire, Blood in the breeze. And I hope that you remember me!”

Sim, é inevitável… Hehehe

Capa

estrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheia

Após iniciar sua jornada ao lado de um grupo de anões e de Gandalf Ian McKellen, Bilbo Bolseiro Martin Freeman segue em direção à Montanha Solitária, onde deverá ajudar seus companheiros de missão a retomar a Pedra de Arken, que fará com que Thorin Richard Armitage obtenha o respeito de todos os anões e o apoio na luta para retomar seu reino. O problema é que o artefato está perdida em meio a um tesouro protegido pelo temido dragão Smaug voz de Benedict Cumberbatch. Ao mesmo tempo, Gandalf investiga uma nova força sombria que surge na Terra Média.

 

Alguns dados técnicos:

título original: The Hobbit: The Desolation of Smaug
lançamento: 2013
duração: 161 min.
diretor: Peter Jackson

No IMDB: 8.1

E, se você gostou da primeira parte de Hobbit como eu com certeza irá adorar ainda mais A Desolação de Smaug! A ação, a linha da história, as cenas… Do começo ao fim, o filme é emocionante!

Cheio de ação, notável criatividade, personagens incríveis em uma trama complexa são alguns dos pontos louváveis do filme. Mesmo sendo baseado em um romance e todos nós sabendo que livros e filmes são totalmente distintos, Peter Jackson apenas se deixa ser levado na trama principal e permite que os seus roteiristas tornem o que os é dado completo, com sua própria criatividade… O primeiro filme, embora imperfeito prepara o palco para esse que é ainda superior… O resultado então é uma ação ininterrupta, movendo os personagens em direção a seu objetivo!

Uma aventura forte, com um ritmo mais rápido que seu antecessor mas com o mesmo e belo resultado… Atuações adoráveis, figurinos e CGI mais impressionantes do que nunca neste retorno de um dos personagens mais queridos! Que com certeza consegue conquistar tanto os fãs dos livros de Tolkien quanto os que ainda não o leram…

Um filme recomendadíssimo para se ver tanto sozinho, quanto acompanhado dos amigos pois, vale cada minuto! Hehehe

Bonus

Oh, misty eye of the mountain below, Keep careful watch of my brothers’ souls. And should the sky be filled with fire and smoke
Keep watching over Durin’s sons…

Beijos.

Nenhum Comentário
19
Abr

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada

Filmes & Séries

Uma história realmente inesperada… Hehehe

Capa

estrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-cheiaestrela-meia

Bilbo Bolseiro Martin Freeman vive uma vida pacata no condado, como a maioria dos hobbits. Um dia, aparece em sua porta o mago Gandalf, o cinzento Ian McKellen, que lhe promete uma aventura como nunca antes vista. Na companhia de vários anões, Bilbo e Gandalf iniciam sua jornada inesperada pela Terra Média. Eles têm por objetivo libertar o reino de Erebor, conquistado há tempos pelo dragão Smaug e que antes pertencia aos anões. No meio do caminho encontram elfos, trolls e, é claro, a criatura Gollum Andy Serkis e seu precioso anel.

Alguns dados técnicos:

título original: The Hobbit: An Unexpected Journey
lançamento: 2012
duração: 165 min.
diretor: Peter Jackson

No IMDB: 8.1

The Hobbit: An Unexpected Journey traz de volta a magia da Terra Média num tipo diferente de trabalho, de conto, de atmosfera, de progressão da história e fluxo do que seu sucessor, Lord of the Rings. Numa menor intensidade bem como na sua escala da aventura, há também uma mudança de humor nas travessuras destes anões cômicos na volta à sua casa. É um passeio fascinante, emocionante e divertido de início ao fim e épico do seu jeito único… Talvez, um pouco menos escuro devido ao seu material de origem, que são livros infantis, porém não claramente um filme destinado as crianças uma vez que apresenta momentos emocionantes ao mesmo tempo que estressantes…

Diferente também de LOTR, contem vários tipos realmente de vilões importantes: O dragão Smaug (que ainda sendo uma figura distante e misteriosa é o objetivo final da missão que mesmo ainda não muito explorada, terá um filam incrivelmente brutal), o Necromante (conhecido principalmente por aqueles que leram os livros, que terá um papel possivelmente importante nos próximos filmes da série), Azog o Orc gigante (que é o vilão principal) assim como os outros Orcs que também são vilões de LOTR e claro o Gollum, que é a cena enigma do filme quando apresenta ao Bilbo as maravilhas de seu preciso anel.

Como o esperado Peter Jackson, faz uma obra-prima quase impecável. Levando em conta a grande qualidade de material para trabalhar, e provável dificuldade de colocar todos os elementos juntos, conseguiu captar os sentimentos do livro e transcrever para a tela… O elenco, é absolutamente maravilhoso e não poderiam ter escolhido melhor e as atuações são incríveis perfeitamente caracterizados! A química entre os atores é impressionante e parecem mesmo viver a história. Sobre o trabalho técnico nem preciso comentar… Locais lindos, efeitos e cores misturados a uma trilha sonora acompanhada na perfeição!

Sim, nem preciso dizer que o filme é incrível… Com toda a vivacidade de cores, movimentos e luz, que eleva tudo a um outro nível. Quase como se estivéssemos assistindo as atuações ao vivo! Tamanha a qualidade é ao mesmo tempo leve, divertido, brincalhão e ao mesmo tempo se mantendo a história original.

Bonus

My precious… Hehehe

Beijos. 

Nenhum Comentário
03
Fev

Um Olhar do Paraíso

Filmes & Séries

E não é apenas porque não fomos ao cinema, que vou deixar de postar uma sugestão de filminho para o final de semana… Hehehe

★★★★★

Em dezembro de 1973, Susie Salmon voltava da escola para casa quando foi assassinada. Ela tinha apenas 14 anos. Depois de morta, Susie continua a velar por sua família – enquanto seu assassino permanece solto. Presa em um extraordinário, ainda que misterioso, espaço entre a Terra e o Céu a menina descobre que precisa escolher entre a busca por vingança e o desejo de ver seus amados seguirem em frente. O que tem início como um chocante homicídio leva a uma jornada visualmente criativa e repleta de suspense que, através dos laços de memória, amor e esperança, segue em direção a um desfecho surpreendente e emotivo.

Alguns dados técnicos:

título original: The Lovely Bones
lançamento: 2010
duração: 139 min
diretor: Peter Jackson

Se você é do tipo de pessoa que não consegue ir além de seus preconceitos, será melhor então não assistir a este filme… Não espere que este filme seja uma história de fantasmas, horror ou um thriller com crimes e serial-killers já que ele não tem nada dessas coisas. O que ele faz, é criar empatia espectador para uma jovem cuja vida é tragicamente interrompida em brutais circunstâncias e como sua família lida com isso.

Jackson, não chega a dar muitas oportunidades dos personagens realmente se desenvolverem, mas o jovem adolescente irlandesa Saoirse Ronan particularmente, consegue ganhar o público, especialmente quando ela cumpre o seu regresso ao seu verdadeiro amor na Terra, mesmo no curto tempo de sua vida.

Certamente a versão do filme poderia ter sido produzida mais fiel ao livro o deixando melhor, mas penso Jackson não era o diretor certo para isso. E sinceramente eu já esperava que não era tão bom, ou tão abrangente quanto o livro uma vez que filmes de adaptação raramente são, mas como um pacote a comovente história a com uma excelente ambiente musical e um punhado de performances fortes que fazem você querer se preocupar com o resultado de Susies história, qualquer que seja, fazer este vale a pena assistir

Obviamente há alguns comentários negativos, mas acho que mostram apenas uma falta de compreensão, já que não usa o mesmo padrão dos filmes adolescente horror de terror.  Minha queixa principal é com o uso excessivo e artificial de CGI para a definição do outro mundo, eu não acho que o filme precisava desse recurso para contar sua história…

Sinceramente gostei muito do filme, principalmente por conta da viagem emocional e mostra como a morte de um ente querido pode rasgar uma família. Por essas e outras, recomendo…

Você sabia que…

…o ator Ryan Gosling deixou o projeto devido à fortes diferenças criativas. Gosling já havia engordado 9 quilos para as filmagens. Mas tudo se resolveu rapidamente. Mark Wahlberg imediatamente ocupou a vaga deixada.

Beijos.

7 Comentários
!-- WP FOOTER -->