18
Mai

#Critica Iron Man 3

Cinema

Tony Stark returns with energy

Em filmes de quadrinhos, geralmente há um ciclo repetitivo… O primeiro tem a nossa atenção, as sequelas na maioria das vezes, superam o original e então, eventualmente são confrontados com uma terceira parte. Em alguns casos essa terceira parte acaba por ser o mais fraco dentre a franquia e felizmente, não é o caso de Iron Man 3. O filme se passa após os eventos do Avengers, e Tony Stark com o sempre maravilhosamente carismático Robert Downey Jr. está caindo aos pedaços…

 Homem de Ferro 3 é uma combinação perfeita de humor, ação e várias cenas emocionantes! Às vezes, por detrás das armaduras pensamos ter um homem indestrutível, o que percebemos especialmente nesse filme não ser totalmente verdade, pois descobrimos o principal suspense justamente nessas habilidades… Alem claro de um vilão, que apesar de inicialmente aparentar não possuir a energia dos antecessores, se revela um inimigo incrivelmente forte e completo melhor que os dos outros filmes!

(mais…)

1 Comentário
27
Abr

#Critica Avengers: Os Vingadores da Marvel

Cinema

…sob o olhar de uma garota nerdHehehe

Earth’s mightiest heroes the Avengers!

E chega ao fim da espera de um dos filmes mais aguardados do ano! Graças a uma grande expectativa que vinha a ser construinda durantes tantos meses desde os filmes individuais sobre cada um dos personagens que compões este grupo de super-heróis: Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão America! Todos esses filmes foram muito bons por conta própria, e incrivelmente em The Avengers todos eles se unem em uma grande aventura, trazendo os quadrinhos Marvel para a telona, mesmo que cada um dos personagens pertença a mundos distintos… E posso dizer que, poucas vezes um filme não só cumpriu todas essas expectativas, como ainda as superou!

O filme segue contando como esses heróis foram convocados e, como se reuniram com Nick Fury Samuel L. Jackson na SHIELD para recuperar o Cubo de Energia roubado pelo deus de Asgard, Loki. Chegou a ser engraçado ver como foi retratado o grande choque de egos individuais de cada um e como acabam por se dar bem um com o outro mesmo com essas diferenças. Falando nisso, quem teria imaginado anos atrás que todos esses personagens poderiam se encaixar em um filme e todos eles terem feito justiça JUNTOS?

Sim, um dos aspectos mais impressionantes foi conseguir fazer com que cada herói tivesse o seu tempo no centro das atenções e seu arco próprio de caráter. Cada single principal é tratado com uma inteligência notável determinado espaços para cada um brilhar uma ótima ideia introduzir todos os personagens para o público como se você nunca viu antes. Claro, os outros filmes configuram e dão profundidade a cada um, mas mesmo se você perdeu algum dos filmes individuais, você ainda vai conhecer e se preocupa com eles neste filme. Tudo isso na medida certa!

Sou suspeitíssima para falar já que #amo o Homem de Ferro, mas Tonny Stark Robert Doney Jr. é absolutamente hilariante e executa de forma brilhante mostrando uma das melhores performances do filme adicionando um pouco de comédia para uma aventura de outro modo ação ajuizada e ficando melhor a cada filme. Mas não é o único que brilha aqui, pois Bruce Banner-Hulk Mark Ruffalo nos faz dar muitas risadas durante o filme e alem da coleção de seqüências de ação em todo o filme com o seu “Hulk Smash!” superando as dúvidas que muitos tinham sobre Marc Ruffalo não ser como Ed Norton como Dr. Bruce Banner e Hulk já que Ruffalo realmente assume o personagem com um charme único e inédito em outro Hulks. Nós vemos o retorno do ameaçador Loki Tom Hiddleston. Não só faz um vilão terrível mas a química entre ele e o Homem de Ferro Doney Jr. não tem preço… Se você não gostou de Loki em Thor, como eu com certeza irá mudar de idéia, que apesar de mau é um vilão icônico.

O patriota Capitão América Chris Evans , o deus nórdico e poderoso Thor Chris Hemsworth, o Gavião Arqueiro Jeremy Renner e super-espiã soviética Viúva Negra Scarlett Johansson nos mostram o mesmo desempenho já vimos em seus filmes, e surpreendentemente todos trabalharam muito bem. Acho que os melhores momentos de ação são quando todos os Vingadores estão juntos já que a química entre eles é perfeita, que troca de puro ódio para os  melhores amigos em questão de minutos. Agora a única coisa que você não precisa se ​​preocupar neste filme é um dos personagens principais serem deixados de lado. Pelos trailers tive a impressão que o filme seria Homem de Ferro & Cia. o que confesso mesmo assim não seria mal para mim mas podem confiar, todos os caracteres que você deseja obter o tempo todo na tela.

O roteiro é eficaz tanto no socos cinematográficos, quanto diálogos apaixonantes. O CGI é magnífico, com efeitos visuais emocionantes. Pode ser que em qualquer filme de super-heróis seja estruturado por um fundo eletrizante que está claramente em falta aqui porém, é compensado por performances poderosas pelo resto do starcast. No lado técnico, os efeitos visuais são o destaque maior oferta uma grande extensão visual dos personagens que habitam a tela. As cenas do Hulk, Iron Man e as criaturas que destroem a cidade na batalha climática vai surpreender o público. Todos os outros departamentos de design de produção de cinematografia ou de som estão no topo de seu jogo preencher a experiência enquanto avança o filme.

É um filme que tem um maravilhoso equilíbrio entre a inteligência e o divertimento . Este é, sem dúvida um dos top 10 filmes de 2012, um épico de grande blockbuster. Com certeza, suas expectativas não iram decepcionar… Cheio de ação com boas histórias, performances encantadoras e CGI soberbo! Daqueles que, vão vontade de repetir a sessão, para um segundo tempo. Este filme é mesmo bom!

Então para resumir: E mesmo não sendo uma boa conhecedora de quadrinhos, porém tendo como editora preferida a Marvel, adorei o filme profundamente! Há grandes momentos de ação, seriedade, emoção assim como de intenso humor! Este filme é um espetáculo imperdível não só para todos os fãs de quadrinhos, mas também para quem gosta de uma boa aventura! Como disse, todos os personagens deste filme tem uma quantidade igual de tempo na tela, que é geralmente o problema em um filme onde você lida com vários personagens. Uma obra-prima da Marvel, de maneira em que tudo se encaixa! Chega a ser quase impossível encontrar furos na história. Sr. Whedon foi a pessoa perfeita para ter lidado com essa história, já que ele é um fã de quadrinhos, ele acertou 100%. Ahm, e atenção: não perca a cena extra, dos créditos finais!  Hehehe

Um bônus especial:

 

Iroman and Hulk <3

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 24 de abril, e no Brasil em 27 de abril.

Beijos. 

13 Comentários
14
Jan

#Critica Sherlock Holmes 2

Cinema

Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras

Normalmente, se uma sequência aparece é lançada dois anos após o original, teríamos uma boa razão para as baixas expectativas. Mas, cá voltamos e com Robert Downey Jr e Jude Law reprise seus papéis como Sherlock Holmes e Dr. Watson, repetindo o modelo de sucesso fornecido pelo original, e que é certo para manter os fãs felizes…

Guy Ritchie se mostrou bastante um diretor elegante e deixa Sherlock Holmes, projetado mais como um filme de ação do que de um mistério… O primeiro filme mostra muitas coisas estranhas, pois vemos um novo Holmes, que se mostra um lutador com uma mente brilhante. E é sem sombra de dúvidas, uma das grandes inovações do personagem!

Neste novo filme, as coisas ficam ainda maiores, e a ação se mostra mais presente do que nunca. O filme ainda tem o cérebro, mas ação mesmo sendo boa chega em certa hora, a se perder no foco para a trama principal.

Cada aspecto da direção de arte deve ser reconhecido como o melhor dos melhores, pois acaba realmente por nos transportar de volta para os primeiros dias do século XX, nos fazendo sentir realmente no meio das capitais muito poluídas da Europa, e a fotografia requintada mergulhando-nos no mundo de sombras, que fazia parte da sociedade na época. Nos levando através dos estudos filosóficos de natureza auto-destrutiva que o homem é, e como o mal de lucro gênios da disposição trágica do homem.

Holmes e Watson são verdadeiramente dois dos personagens mais inteligente e fascinante da literatura, e se não fossem uma equipe, eles poderiam ter páreo um ao outro e Moriarty é com certeza, o vilão perfeito.

A ação presente é maior aqui do que no primeiro, pois vai alem de apenas as artes marciais de combate. Como uma guerra entre gato e rato, a perseguição segue através de algumas belas paisagens e termina com a solução final, uma jogada de xadrez tão diabólica, que poderia ter um clichê incrível, com um verdadeiro fim aberto, ou não, dependendo de quão cuidadosamente você revisou as pistas ao longo do caminho que Ritchie vai nos monstrando sutilmente, passo à passo. e ainda assim impressionantemente emocionante

Os melhores momentos ficam para a relação de Holmes e Watson. Robert Downey Jr. e Jude Law têm uma química fascinante que ilumina filme! Guy Ritchie fez uma jogada inteligente para essas cenas. Dando muita força e emoção. As performances são boas, como sempre, pois como já disse, Downey Jr. e Law são ambos divertidissimos juntos…

Então para resumir: Se esse é um bom filme? Elementar meu caro Watson… Mesmo se você não for um fã, os conjuntos fabulosos de filmagem em vários locais do vão mantê-lo interessado, mesmo que seja apenas para você se assustar nas grandes explosões, hehehe

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 05 de janeiro, e no Brasil em 13 de janeiro

Beijos.

10 Comentários
!-- WP FOOTER -->