26
Abr

Capitão América: O Soldado do Inverno

Cinema

New time. Old captain…

Capitao-Capa

Dizem que O Soldado Invernal é tudo que um filme do Capitão América deve ser…. Enquanto mantém algum humor, o que se tornou a marca registrada dos filmes Marvel, TWS é muito mais grave que todos os outros juntos!  O que torna algo tão audacioso e diferente de todos os outros filmes de super-heróis que temos visto. Mesmo que não seja o filme mais original do século, há elementos básicos que faltam nos blockbusters modernos: Há personagens simpáticos e um mistério a ser resolvido, juntamente com um cronometro que não para de rodas… Algo como os thrillers dos anos 70 com paranoias políticas, dão as boas vindas que fazem de TWS diferente do resto. Com várias cenas que se referem ao medo político, ao controle e manipulação de informações, nunca se mostra autoritário já que o principal objetivo é entreter mesmo que os pontos de vista políticos de Rogers tenha substituído a voz dos espectadores…

(mais…)

Nenhum Comentário
01
Fev

#Critica Django

Cinema

O mais recente suspense “vingativo” de Quentin Tarantino. E para aqueles que ficarem com preguiça de ler a critica até o final, vou simplifica-la em apenas uma frase: Inglorious Basterds situado no Velho Oeste. Mas para aqueles que ficaram curiosos, eis aqui minha opinião sobre o filme… Hehehe

 

O filme conta a história de Django Jamie Foxx, um escravo dois anos antes do surgimento da Guerra Civil americana. Django é adquirido e logo ganha sua liberdade pelo caçador de recompensas Dr. King Shultz Christoph Waltz (que sempre divertido, está se tornando o queridinho de Tarantino assim como a relação de Martin Scorsese e Robert De Niro) que pede para Django o ajuda na caça de três donos de escravos, e logo descobre seu talento na caçada de recompensas. Django depois de concordar em ajudar na captura de criminosos durante aquele inverno, e Dr. Shultz o ensina tudo que sabe. E então que Django pede a ajuda de Shultz para encontrar sua esposa e a libertar, como fez com ele. Depois de descobrir que o seu novo proprietário é homem mais poderoso da região chamado Calvin Candie Leonardo DiCaprio eles criam um plano elaborado para adquirir esposa de Django, Broomhilda Kerry Washington.

(mais…)

Nenhum Comentário
27
Abr

#Critica Avengers: Os Vingadores da Marvel

Cinema

…sob o olhar de uma garota nerdHehehe

Earth’s mightiest heroes the Avengers!

E chega ao fim da espera de um dos filmes mais aguardados do ano! Graças a uma grande expectativa que vinha a ser construinda durantes tantos meses desde os filmes individuais sobre cada um dos personagens que compões este grupo de super-heróis: Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão America! Todos esses filmes foram muito bons por conta própria, e incrivelmente em The Avengers todos eles se unem em uma grande aventura, trazendo os quadrinhos Marvel para a telona, mesmo que cada um dos personagens pertença a mundos distintos… E posso dizer que, poucas vezes um filme não só cumpriu todas essas expectativas, como ainda as superou!

O filme segue contando como esses heróis foram convocados e, como se reuniram com Nick Fury Samuel L. Jackson na SHIELD para recuperar o Cubo de Energia roubado pelo deus de Asgard, Loki. Chegou a ser engraçado ver como foi retratado o grande choque de egos individuais de cada um e como acabam por se dar bem um com o outro mesmo com essas diferenças. Falando nisso, quem teria imaginado anos atrás que todos esses personagens poderiam se encaixar em um filme e todos eles terem feito justiça JUNTOS?

Sim, um dos aspectos mais impressionantes foi conseguir fazer com que cada herói tivesse o seu tempo no centro das atenções e seu arco próprio de caráter. Cada single principal é tratado com uma inteligência notável determinado espaços para cada um brilhar uma ótima ideia introduzir todos os personagens para o público como se você nunca viu antes. Claro, os outros filmes configuram e dão profundidade a cada um, mas mesmo se você perdeu algum dos filmes individuais, você ainda vai conhecer e se preocupa com eles neste filme. Tudo isso na medida certa!

Sou suspeitíssima para falar já que #amo o Homem de Ferro, mas Tonny Stark Robert Doney Jr. é absolutamente hilariante e executa de forma brilhante mostrando uma das melhores performances do filme adicionando um pouco de comédia para uma aventura de outro modo ação ajuizada e ficando melhor a cada filme. Mas não é o único que brilha aqui, pois Bruce Banner-Hulk Mark Ruffalo nos faz dar muitas risadas durante o filme e alem da coleção de seqüências de ação em todo o filme com o seu “Hulk Smash!” superando as dúvidas que muitos tinham sobre Marc Ruffalo não ser como Ed Norton como Dr. Bruce Banner e Hulk já que Ruffalo realmente assume o personagem com um charme único e inédito em outro Hulks. Nós vemos o retorno do ameaçador Loki Tom Hiddleston. Não só faz um vilão terrível mas a química entre ele e o Homem de Ferro Doney Jr. não tem preço… Se você não gostou de Loki em Thor, como eu com certeza irá mudar de idéia, que apesar de mau é um vilão icônico.

O patriota Capitão América Chris Evans , o deus nórdico e poderoso Thor Chris Hemsworth, o Gavião Arqueiro Jeremy Renner e super-espiã soviética Viúva Negra Scarlett Johansson nos mostram o mesmo desempenho já vimos em seus filmes, e surpreendentemente todos trabalharam muito bem. Acho que os melhores momentos de ação são quando todos os Vingadores estão juntos já que a química entre eles é perfeita, que troca de puro ódio para os  melhores amigos em questão de minutos. Agora a única coisa que você não precisa se ​​preocupar neste filme é um dos personagens principais serem deixados de lado. Pelos trailers tive a impressão que o filme seria Homem de Ferro & Cia. o que confesso mesmo assim não seria mal para mim mas podem confiar, todos os caracteres que você deseja obter o tempo todo na tela.

O roteiro é eficaz tanto no socos cinematográficos, quanto diálogos apaixonantes. O CGI é magnífico, com efeitos visuais emocionantes. Pode ser que em qualquer filme de super-heróis seja estruturado por um fundo eletrizante que está claramente em falta aqui porém, é compensado por performances poderosas pelo resto do starcast. No lado técnico, os efeitos visuais são o destaque maior oferta uma grande extensão visual dos personagens que habitam a tela. As cenas do Hulk, Iron Man e as criaturas que destroem a cidade na batalha climática vai surpreender o público. Todos os outros departamentos de design de produção de cinematografia ou de som estão no topo de seu jogo preencher a experiência enquanto avança o filme.

É um filme que tem um maravilhoso equilíbrio entre a inteligência e o divertimento . Este é, sem dúvida um dos top 10 filmes de 2012, um épico de grande blockbuster. Com certeza, suas expectativas não iram decepcionar… Cheio de ação com boas histórias, performances encantadoras e CGI soberbo! Daqueles que, vão vontade de repetir a sessão, para um segundo tempo. Este filme é mesmo bom!

Então para resumir: E mesmo não sendo uma boa conhecedora de quadrinhos, porém tendo como editora preferida a Marvel, adorei o filme profundamente! Há grandes momentos de ação, seriedade, emoção assim como de intenso humor! Este filme é um espetáculo imperdível não só para todos os fãs de quadrinhos, mas também para quem gosta de uma boa aventura! Como disse, todos os personagens deste filme tem uma quantidade igual de tempo na tela, que é geralmente o problema em um filme onde você lida com vários personagens. Uma obra-prima da Marvel, de maneira em que tudo se encaixa! Chega a ser quase impossível encontrar furos na história. Sr. Whedon foi a pessoa perfeita para ter lidado com essa história, já que ele é um fã de quadrinhos, ele acertou 100%. Ahm, e atenção: não perca a cena extra, dos créditos finais!  Hehehe

Um bônus especial:

 

Iroman and Hulk <3

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 24 de abril, e no Brasil em 27 de abril.

Beijos. 

13 Comentários
10
Fev

#Critica Star Wars 3D – Episode I

Cinema

Star Wars Episódio I – A Ameaça Fantasma

Escrito, produzido e dirigido por George Lucas e é estrelado por Liam Neeson, Ewan McGregor, Natalie Portman, Jake Lloyd e Ian McDiarmid. O quarto filme da franquia lançado em Star Wars é, na verdade, o primeiro de três que levam até a Star Wars lançado em 1977.

Segue basicamente o Mestre Jedi Qui-Gon Jinn Neeson e seu aprendiz Jedi Obi-Wan Kenobi McGregor, que tem a missão de escoltar e proteger a rainha Amidala Portman de Naboo para Coruscant, na esperança de encontrarem a paz quando uma disputa comercial interplanetária começa a transbordar. Durante a viagem param em Tatooine e lá encontram um garoto chamado Anakin Skywalker. O Jedi sente a força do jovem Skywalker e recrutá-o para o grupo com a intenção de treiná-lo para se tornar um Cavaleiro Jedi. Enquanto isso, com as hostilidades estelares na galáxia e o Sith misterioso está se movendo na nova formação…

O filme tão esperado chegou em 1999 e retornou nas telonas esse ano adaptado em 3D mas, talvez sem surpresas A Ameaça Fantasma não conseguiu cumprir a expectativa de fãs de Star Wars e críticos…  Não é um grande filme, mas é uma experiência cinematográfica divertida. Com certeza, erros foram cometidos mas as cenas de ação, intrigas, as trilhas sonoras do filme foram boas o suficiente…

Após a trilogia ter cumprido seu curso, mesmo sendo livre da hype e expectativa e transformado em 3D é o tipo de filme de ficção-científica que realmente é mais gostoso de ser visto em casa, com bastante pipoca e Guaraná… E vê-lo brilhar em HD o desassocia com as memórias de ouro de 77, 80 e 83, por muito estranho que isso pareça.

Então, sim, cheio de falhas, onde peças e conjuntos ação se mantêm a meu ver longe do status de origem.  A última excelentemente marca de John Williams é a coreografia. As batalhas enchem os olhos e os ouvidos, principalmente o exército Droid contra o de Gungan, e há toda uma série de novas criaturas e alienígenas para nos familiarizar. A acusação do exagero de CGI é justa, e esta questão é um problema mais proeminente no padrão, já que a maior parte dos personagens não são humanos, o que é apenas mais uma razão para ver o que há de errado em a Ameaça Fantasma.

Então, sente, relaxe, saboreie alguns petiscos no corforto de sua casa! Honestamente? Não merece a entrada no cinema e nem a taxa 3D…

 

Então para resumir: Este não é um filme terrível. No entanto, há uma enorme distancia deste filme, com os da trilogia original, tanto cronologicamente quanto em seu impacto. Claro que existem aqueles que dirão que “a tecnologia evoluiu” ou que “se você tem a opção de utilizar vários recursos modernos, por que não usá-los?”… O problema é que os filmes antigos ainda não parecem datados e as cenas de ação em comparação a primeira trilogia ainda se realiza extremamente bem. Mas alterar a fórmula não fez com que as coisas melhorassem. Este filme é suposto ter sido anos antes de Star Wars. E acho que muitos elementos do filme parecem “anos luz à frente” o que honestamente, não faz qualquer sentido!

No entanto, houve coisas sobre esse filme que decepcionaram. Uma delas é que, apesar dos efeitos visuais impressionantes, trilha sonora forte e bons personagens, a história nunca se destacou. Ela demorou para começar o que me rendeu alguns cochilos e quando o fez, foi prejudicado pelas atuações desiguais. Liam Neeson é um ótimo ator como podemos perceber principalmente em A Lista de Schindler e o mesmo vale para Ewan McGregor. Mas, como Qui-Gon Jin e Obi Wan Kenobi, ambas as estrelas dão performances onde às vezes pareciam até constrangidas. E como eu disse, o ritmo é muito desigual, onde há alguns momentos lentos e nas cenas seguintes, apressadas… Tudo isso somado então, resulta na minha decepção.

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 09 de fevereiro, e no Brasil em 10 de fevereiro. 

Beijos.

4 Comentários
!-- WP FOOTER -->