05
Mar

Creme Brûlée

Princesa do Lar

E desde a primeira vez das muitas que já vi o filme “O casamento do meu melhor amigo” que tenho vontade de comer Creme Brûlée…

Pois, segundo Jules Julia Roberts para Kimmy Cameron Diaz é lindo, é doce e irritantemente perfeito! Explica que este doce não pode ser uma gelatina, que é tão simples… Essa comparação das sobremesas entre as personagens: a perfeita e a desajustada…

Então, para “matar de vez” essa vontade, vamos aprender a fazer essa perfeição em forma de sobremesa? Hehehe

 

★★★★★

Ingredientes

600 ml. creme de leite fresco;
Fava de 1/2 baunilha (ou 6 gotas de essência de baunilha);
1 pedaço de casca de laranja;
150 gr. açúcar;
2 ovos;
6 gemas;
Açúcar refinado (para caramelizar).

Modo de fazer: Numa panela em fogo médio coloque o creme de leite fresco, a baunilha aberta e a casca de laranja e deixe ferver. Desligue o fogo, coe e reserve o líquido; Numa tigela, coloque o açúcar, os ovos e as gemas e bata com um batedor de arame até formar um creme fofo; Acrescente o creme de leite fresco coado e bata vigorosamente; Coloque a tigela sobre uma panela com água, em fogo médio banho-maria, e mexendo sempre enquanto cozinha, até engrossar; Divida a mistura sobre 4 tigelinhas e leve para a geladeira por 2 horas; Retire da geladeira e polvilhe açúcar; Com o auxílio de uma colher quente (coloque a colher sobre a chama do fogão até ficar bem quente) caramelize o açúcar, encostando a colher (ou utilize um maçarico de culinária) e sirva.

Ahm, e aqui em Portugal, se chama Leite-Creme!

Quer deixar ainda melhor? Que tal uma caldinha de Frutos vermelhos

Ingredientes

1 xícara (chá) de açúcar;
1/2 xícara (chá) de água;
1/4 xícara (chá) de licor de laranja;
Raspas de 1 limão;
100 g de frutas vermelhas (blueberry, framboesa e morango)

Modo de preparo: Numa panela coloque o açúcar, a água e o licor de laranja; Quando ficar uma calda em ponto de fio, acrescente raspas de limão e as frutas vermelhas; Retire do fogo, espere esfriar e sirva.

Que tal? Melhor que gelatina, não? Hahaha

Beijos.

10 Comentários
02
Jan

Tortilla de legumes

Princesa do Lar

E como já é uma espécia de tradição aqui no #jehjeh trago hoje uma receitinha mais leve…

Afinal, depois de todas a comilança das festas de final de ano é sempre bom e saudável começar o ano um pouco mais #light

Então, minha sugestão é uma tortilla!

Para quem não conhece, a tortilla é de origem espanhola. São, nada mais e nada menos, que uma omelete bem mais grossa, que depois de pronta é contada e servida, normalmente como lanches ou então tapas aperitivos. Podem ser assados ou fritos e diversos sabores… Mas, a receita que trago hoje é um pouco mais tradicional e bem fácil de fazer… Hehehe

 

★★★★★

Ingredientes:

3 batatas (médias) descascadas e cortada em fatias bem fininhas;
1 cebola (grande) cortada em fatias finas;
1 pimento pimentão equivalente (1/3 vermelho, 1/3 amarelo, 1/3 verde);
9 ovos (aproximadamente);
100gr. de queijo feta;
2 ou 3 colheres (sopa) de azeite;
Sal e pimenta à gosto.

Modo de fazer: Aqueça o azeite em uma frigideira grande; Frite delicadamente as batatas até que fiquem transparentes e em seguida, coloque as cebolas; Quando as cebolas estiverem macias, acrescente os pimentos pimentões e frite por mais alguns minutos;  Numa tigela, bata os ovos juntamente com o sal e a pimenta e em seguida despeje a mistura na frigideira, usando uma espátula apenas para misturar todos os legumes; Tampe e deixe cozinhar por cerca de 10 à 15 minutinho em fogo baixo; Para terminar de cozinhar a parte superior ou coloque para assar (bem rapidinho, só até dourar), ou caso tenha mais habilidade e com muito cuidado, vire a tortilla num prato de apoio. Como sou muito desastrada fico sempre com a primeira opção, hehehe;Assim que estiver douradinha em ambas as extremidades, deixe esfriar um pouco e corte em pedaços (como uma pizza).

Para servir, basta uma saladinha verde e um molhinho vinagrete e pronto!

 

#enjoy sempre quis terminar assim, acho que estou assistindo muito Food Network, hahaha

Beijos.

14 Comentários
01
Jun

O medo europeu: a bactéria E. Coli

Polêmica S.O.S

A crise dos pepinos está a provocar tensões em todos os ramos europeus, sendo eles: alimentares, económicas e até mesmo, diplomáticos.

Berlim acusou os pepinos espanhóis de serem o vetor de contaminação com uma bactéria; A Espanha por sua vez alega o contrário, referindo que análises feitas nos produtos. Tanto, que o vice-primeiro-ministro espanhol Alfredo Rubalcaba confirmou que Madrid intensiona processar a Alemanha.

Enquanto se procura o verdadeiro culpado pela “bactéria assassina”, um tipo agressivo da Escherichia Coli – mais conhecida como colibacilo – os agricultores espanhóis dizem estar a perder cerca de 200 milhões de euros por semana. “Espero que este problema esteja resolvido dentro de 10 a 15 dias para tentarmos salvar 30 % do investimento, pelo menos para cobrir o valor das sementes porque os outros gastos já não recuperamos”, diz um sindicalista de Múrcia.

A crise também está a colocar milhares de postos de trabalho em risco num país que tem o nível mais elevado de desemprego da União Europeia porem, o grande motivo de preocupação é mesmo a saúde. Já morreram 16 pessoas e mais de mil outras ficaram infetadas, em especialmente na Alemanha.

Afinal, o que é essa bactéria E. Coli? - O Escherichia coli (abrevia-se E. coli) é um grupo grande e diverso de bactérias. Embora a maioria das variedades de Escherichia coli sejam inofensivas, outras podem provocar doenças. Alguns tipos de Escherichia coli podem causar diarréia, enquanto outros provocam infecção urinária, doença respiratória, pneumonia e outras doenças.
Há ainda outros tipos de Escherichia coli que são usados como marcadores de contaminação na água. Você pode escutar sobre achado de Escherichia coli na água para beber, a qual por si mesma pode ser inofensiva, mas é indicador de contaminação.

Quem é infectado por Escherichia coli – Pessoas de qualquer idade podem ser infetadas. Crianças muito pequenas e idosos são mais propensos a desenvolver doença séria e síndrome hemolítico-urêmica, mas até crianças mais velhas e adultos jovens podem ficar seriamente doentes.

Sinais e sintomas de infecção – Os sintomas de infecção por Escherichia coli Shiga Toxigênicas (que produzem um ou mais tipos de toxina denominadas toxina Shiga 1 e 2) variam de pessoa para pessoa, mas freqüentemente incluem cólicas estomacais severas, diarréia (freqüentemente com sangue), e vômito. Se houver febre, ela geralmente não é muito alta, menos de 38,5˚C. A maioria das pessoas fica melhor dentro de 5 a 7 dias. Algumas infecções são moderadas, porém outras são graves e até ameaçam a vida.

Complicações de infecções – Em torno de 5 a 10% das pessoas com infecção por Escherichia coli Shiga Toxigênicas desenvolvem uma complicação potencialmente fatal conhecida como síndrome hemolítico-urêmica. Sinais de que a pessoa está desenvolvendo síndrome hemolítico-urêmica incluem diminuição na freqüência da urinação, sensação de muito cansaço, e cor rosada nas bochechas e dentro das pálpebras inferiores. Pessoas com síndrome hemolítico-urêmica devem ser hospitalizadas porque os rins podem parar de funcionar ou desenvolver outros problemas sérios.
A maioria das pessoas com síndrome hemolítico-urêmica se recupera dentre de algumas semanas, porém algumas pode sofrer danos permanentes ou até morrer.

Como a infecção se espalha – As infecções por Escherichia coli Shiga Toxigênicas começam quando a pessoa engole as bactérias, em outras palavras quando entram pequenas quantidades (geralmente invisíveis) de fezes humanas ou animais na boca. Infelizmente isso acontece com mais freqüência do que se imagina. Exposições que resultam em doença incluem consumo de comida contaminada, leite não pausterizado, água não desinfetada, contato com gado, ou contato com fezes de pessoas infectadas.

Diagnóstico de infecção por Escherichia coli Shiga Toxigênicas - são geralmente diagnosticadas por teste laboratorial de fezes. Identificar a variedade específica de Escherichia coli é muito importante para propósitos de saúde pública.

Tratamento para infecção – O tratamento com terapia não específica, incluindo hidratação, é importante.
Antibióticos não devem ser usados no tratamento. Não existe evidência que tratamento com antibióticos ajude, e o uso poderia elevar o risco de síndrome hemolítico-urêmica. Agentes contra a diarréia, como Imodium®, também poderiam elevar esse risco.

Prevenção de infecção por Escherichia coli Shiga Toxigênicas - Podem ser prevenidas das seguintes formas:

- Lavar as mãos cuidadosamente depois de usar o banheiro, trocar fraldas, e antes de preparar ou comer alimentos;
– Lavar as mãos depois de contato com animais em seu ambiente (fazendas, zoológicos, feiras);
– Evitar laticínios não pasteurizados;
– Evitar engolir água ao nadar em lagos, represas e piscinas.

Pois é, mesmo sendo um problema aqui da Europa, devemos tomar cuidado em qualquer parte do mundo!

Beijos.

21 Comentários
27
Abr

Era uma vez: As princesas do século XXI

Polêmica

Com o casamento do ano mais aguardo e comentado por todo o mundo, o do principe Willian com a plebéia Kate Middleton levanta a questão: Será que o “felizes para sempre” existe mesmo? Será que o sonho de toda a menina, em se tornar princesa e viver um eterno conto de fadas é mesmo real; Ou será tudo pura ficção, criada pelos livros e filmes infantis?

Separei algumas princesas do mundo real, e acreditem não é bem como assistimos em Cinderela…

.


Princesa Madeleine, Suécia: É a princesa da Suécia. Com 28 anos de idade, ela é a mais jovem integrante da família real sueca e terceira na linha sucessória ao trono. Uma filantropa, ela regularmente chama a atenção para as questões globais, inclusive participando de iniciativas da UNICEF. Além disso, seus belos olhos azuis e paixão pela moda lhe renderam uma vaga na lista das 20 Jovens Reais Mais Quentes, pela Revista Forbes.

Polémica: A filha do rei Carl XVI Gustaf, da rainha Silvia (que viveu por dez anos no Brasil), e Jonas Bergstroem advogado quatro anos mais velho, romperam seu noivado, após relacionamento de oito anos: “A princesa Madeleine e Jonas Bergstroem decidiram tomar caminhos separados. Eles consideram que a melhor coisa é seguir caminhos diferentes”, informou o palácio em comunicado. A casa real sueca havia anunciado em 11 de agosto de 2009 o compromisso da princesa Madeleine com Bergstroem. A princesa e o advogado pediram à imprensa que demonstre respeito e consideração, já que “precisam de calma e paz nesta situação difícil”. Os rumores de crises entre o casal tinham sido constante na imprensa sueca, levando a Rainha Silvia a comunicar o então casamento, anunciado em 2010. Em histórias recentes, Bergström teria “escapadas noturnas”, e confissão de uma jovem modelo norueguesa alegado romance com o jovem durante um ano, o qual não foi negado e alimentaram as especulações sobre o futuro da relação de que, até poucos meses parecia perfeita.

.

Princesa Sikhanyiso, Suazilândia: Princesa rebelde de temperamento forte e constante desobediência.

Polémica: Sua ruptura constante das normas e comportamento franco deram a ela o rótulo de “criança selvagem” e diversas brigas. Mas, que seus pais reais conseguiram colocá-la na linha, no entanto, ainda é uma dúvida. Ela também é uma aspirante a atriz e rapper.

.

Letizia Ortiz Princesa das Astúrias, Espanha: É uma ex-jornalista espanhola, actual esposa do herdeiro da Coroa de Espanha, o Príncipe das Astúrias Filipe de Bourbon. É portanto: A princesa herdeira consorte do Reino de Espanha, recebendo os títulos de Princesa das Astúrias, de Girona e de Viana, Duquesa de Montblanc, Condessa de Cervera e Senhora de Balaguer.

Polémica: É noticia pela constante mudança de visual e uma biografia não autorizada. O livro, “Una republicana en la Corte del rey Juan Carlos” que já chega a sua terceira edição, tem despertado grande curiosidade devido às histórias sobre os alegados consumos de drogas, um aborto no México e uma militância republicana, por parte da princesa das Astúrias.

.

Princesa Iman bint Al-Hussein, Jordânia: Quando o assunto é belas princesas e rainhas, o reino da Jordânia nunca deixa de impressionar. A princesa Iman bint Al-Hussein, a filha do falecido rei Hussein, não é exceção. Sua beleza permanece incontestada no mundo árabe

Polémica: O fato de que ela serviu no exército jordaniano, mostra que ela não tem medo de desafios.

.

Princesa Charlotte de Hanôver, Monaco: É filha de Caroline, princesa de Hanôver e neta da lenda de Hollywood, Grace Kelly. Ela é a quarta na linha de sucessão ao trono de Monaco.

Por detrás da coroa: Além de ser uma princesa, ela também é escritora e já trabalhou em muitas prestigiosas publicações britânicas, incluindo na revista Another e no jornal The Independent.

.

E viveram felizes para sempre?

Beijos.

7 Comentários
!-- WP FOOTER -->