24
Jun

Eu desenho quadrinhos! A verdadeira cartinha, para cartunistas iniciantes

Boas Idéias Comprinhas

E se encante com suas próprias criações…

hq-desenhos-capa

E por dentro dessa capa Moleskine de aparência despretensiosa mas resistente, todos podem encontrar a chave para se transformarem em cartunistas e donos de sua própria franquia de histórias em quadrinhos dos sonhos ou ainda reproduzir qualquer uma já existente!

I Draw Comics é carregado de lições e diretrizes em profundidade, para te ensinar tudo sobre perspectiva, proporções comumente usadas para fazer personagens… Tudo para o traçado de suas próprias HQ’s incluindo composição e elementos necessários para se contar as histórias.

hq-desenhos-1

Em mais de 100 páginas de modelos práticos todos impressos em non-photo blue de modo que você possa manter seus desenhos até estarem ao seu agrado, para só então os deixar em nanquim e assistir magicamente suas belas e impressionantes criações!

Agora, você pode transformar seus adoráveis e deprimentes desenhos de pauzinho em poderosos super-heróis dignos de seu próprio graphic novel como “The Marvellous Misadventures of Apathetic Slob Man and Wasted Talent Girl” pode enfim, ver a luz do dia! Hahaha

 hq-desenhos-2

O melhor de tudo é que, há uma grande variedade de links para aspirantes a artistas que querem aprimorar ainda mais seus talentos, bem como uma vasta lista de contatos globais de editoras de quadrinhos e datas e locais de Comic Con’s para quando sua obra prima estiver completa e, você quiser seu nome por lá!

 hq-desenhos-3

Mas atenção: Pratique a prática, prática!

Alguns detalhes:

Saiba tudo sobre perspectiva, comumente usado na construção de personagens, como layout de seu elementos nos quadrinhos, composição e até mesmo como contar histórias,

Mais de 100 modelos de esboços,

Contém uma riqueza de recursos externos úteis, bem como contatos Comic Book Publisher,

Non-photo blue, que desaparecem quando você digitalizar suas imagens (em escala de cinza)

Capa Moleskine inteligente e durável

Dimensões: Medidas de aproximadamente 21,5 cm x 15cm x 2,5 cm.

CompreAqui

E nunca se esqueça…

 

Sem capas! Hahaha

Beijos.

Nenhum Comentário
05
Dez

Sem seus super poderes… Quem é melhor?

Something

Imaginem se, os super-heróis mais poderosos da DC Comics perdessem seus poderes…?

 Capa

De um lado a Mulher Maravilha, que é considerada a personagem feminina mais forte das HQs. Possuindo uma gigantesca força física fazendo com que consiga com facilidade erguer toneladas, sendo capaz de voar podendo chegar a velocidade supersônica, além de possuir uma agilidade sobrehumana de nível extremamente alto e muito acima dos níveis humanos.

Dito ainda que tem a força de Hércules, a sabedoria de Atena, a beleza de Afrodite e a velocidade de Hermes. E que também é treinada em todas as habilidades de luta armada e desarmada da antiga Grécia. Fala as línguas Themysciriana, Grego moderno e antigo, inglês, português, espanhol, francês, japonês, chinês, alemão, russo, italiano, coreano, hindi, entre outras.

Do outro lado o Super-homem que possui uma força superior à de qualquer outro herio da DC. Como suposta origem dos seus poderes, o Sol amarelo da Terra. Pois, em Krypton o astro é vermelho e, essa diferença e frequências eletromagnéticas faz com que de alguma forma, as células do corpo de Kal-El fossem carregadas como baterias vivas, enrijecendo seus músculos e permitindo que a diferença de gravidade o faça voar, ter visão de raio-X, telescópica e de fogo, além de super sopro e sopro de gelo…

Mas, apesar disso tudo…

  (mais…)

Nenhum Comentário
19
Set

Expectativa de vida dos Super heróis!

Something

Acho que, por estar assistindo tantos episódios de Grey’s Anatomy meu mais novo vicio televisivo ando ficando ainda mais paranoica!

Afinal, uma pessoa ir ao médico para cuidar de uma torção no tornozelo e logo depois começar a vomitar sangue graças ao estômago estourado, ou ainda morrer na sala de cirurgia por ter ido às emergências por causa de um soluço nos faz pensar…! Hahaha

Capa

Mas, tirando esses pequenos detalhes misteriosos da medicina, a nossa expectativa de vida é determinada não por limites teóricos mas por uma confluência de fatores que não podemos controlar os genéticos e fatores que lutam para controlar os comportamentais e ambientais…

Alguns dos fatores mais importantes que podem aumentar ou diminuir nossa expectativa de vida que vão um pouco alem da genética, são os de risco como a prática de atividade física regular, qualidade de vida, fumo… E baseado mais ou menos nisso, que tal tentar prever a expectativa de vida dos personagens de HQ’s?

Legendas: 

legendas

Motoqueiro Fantasma:

1

Vivo ou morto, o Motoqueiro Fantasma não tem que ter medo da possibilidade de uma morte prematura ou qualquer tipo de morte.

(mais…)

Nenhum Comentário
21
Jan

#Critica: As Aventuras de Tintim

Cinema

As Aventuras de Tintin: O Segredo do Licorne 

Quando era criança, assistia ao “As aventuras de Tintin” na versão animada e, esse foi meu contato com as histórias e personagens criados por Hergé. Mesmo não sendo uma super-fã de “Tintin” sempre achei que a série engraçada e interessante, mesmo que uma adaptação fiel do livro original. E, por ter feito parte da minha infância esperava tanto e ansiosamente a estreia desse filme.

As Aventuras de Tintin é um filme feito pelos cineastas mais brilhantes de Hollywood e não haviam dúvidas de que seria bom… Steven Spielberg recria sua seqüência de ação clássica, que é sua marca. E a mantém emocionante…

As performances foram excelentes: Jamie Bell realmente traz Tintin à vida, Andy Serkis é sempre perfeito em captura de movimento, e realmente rouba a cena como o Capitão Haddock, Simon Pegg e Nick Frost formam uma boa dupla, tanto que mesmo sem seus rostos são divertidos de ver e Daniel Craig faz um desempenho fascinante que com os recursos usados, o ajudaram a ter seus movimentos de forma mais extravagante mesmo que isso pareça estranho. E ainda, foi uma delícia de ver vários personagens secundários, como Alan, Nestor e, principalmente, a bela voz aguda Bianca Castafiore…

A animação é então um mistério… Embora muito bem feito, foi até em seus momentos mais lentos, fascinante. Cada cena de ação é ridiculamente emocionante e o mistério funciona suficientemente bem. As partes mais fracas poderia dizer serem as introduções ao longo dos personagens por serem muito estendidas, talvez para tornar as coisas claras, mas foi um pouco arrastando. Já a fotografia, se encaixa a animação e a câmera é trêmula, mas de uma maneira diferente.

Os créditos de abertura em que vemos as silhuetas de Tintin e Snowy dão um sabor a mais das aventuras do garoto repórter. Depois então, o cenário muda para captura de movimento que é onde o filme realmente começa. Fiquei surpresa com o funcionou bem, pois me senti na maior parte do tempo, como no mesmo ambiente escrito por Herge, apenas adaptado para três dimensões.

A história é um fio vivo, cheio de charme e humor. Conta como Tintin se junta com o Capitão Haddock para descobrir o tesouro perdido do ancestral do capitão, enquanto permanecem um passo á frente do frio e diabólico Sr. Sakharine.

Os episódios “O Caranguejo das Tenazes de Ouro” é intercalado com a trama geral de “The Secret of the Unicorn” mas esse junção é tão boa, que se torna quase que imperceptível, já que segue maioritariamente fiel à essência de seu material de origem mesmo que isso não seja levado totalmente à letra.

Emocionante, empolgante inegavelmente divertido… Uma vez que este é apenas o começo de uma série, é uma reintrodução perfeita de um personagem icônico.

Embora uma grande parte do humor é destinado a crianças, adultos vão desfrutar ao mesmo tempo de um humor mais maduro… Cheio de ação, pede que se dê alguma credibilidade, para apreciar perfeitamente o desenrolar dos acontecimentos. Encontrando uma verdadeira recriação, de uma série de infância amada e impressionante. Seja para adultos ou com crianças, de qualquer forma estará certo que irá se divertir!

Então para resumir: “Tintin” acabou sendo um filme melhor até do que eu esperava: não só a qualidade da animação é muito superior, tendo um incrível nível de realismo mesmo com o fato de que há ainda é algo um pouco estranho sobre os movimentos e de expressão dos personagens. Mas a melhor coisa do filme é que ele respeita a verdadeira essência do material de origem, sendo um filme de aventura emocionante do começo ao fim, assim como os quadrinhos originais de Hergé ou da série animada de 1991. As cenas de ação foram excelentes, com toques de Steven Spielberg em todos elas, sendo em que este filme foi baseado. “The Adventures of Tintin”, é um dos melhores filmes do ano, e para mim, foi um dos melhores filmes ​​que tive a chance de ver no ano passado. E então, recomendo para toda a família.

Sua estréia aqui em Portugal foi no dia 24 de outubro 2011, e no Brasil em 20 de janeiro 2012

Beijos.

2 Comentários
!-- WP FOOTER -->